Gazetinhas 04/02/14

* Mar, sol, cervejão e agora trabalho intenso entre os deputados na Aleac, não é?

* Nem tanto hein!

* Pelo menos esse é o entendimento de alguns parlamentares.

* Acredite você leitor que as sessões recomeçam hoje, mas já tem deputado propondo que sejam só duas por semana?

* Querem trabalhar só na terça e na quarta.

* Rapaz, e isso pode?

* E se fosse dona Mariquinha, a faxineira do Zé, que chegasse com essa conversa?

* Nem mais na terça nem na quarta e dia mais nenhum.

* Na segunda semana, po-brezinha estava despedida.

* E olhe que os deputados estão é devendo…

* Ano passado trabalharam pouco e deixaram tudo para última hora.

* Que feio! Não pode!

*  A propósito…

* Sobre a CPI da Telefonia, nada de novo.

* A Comissão, proposta pelo deputado Luís Tchê (PDT), para apurar a responsabilidade sobre a má qualidade nos serviços, até agora não deu resultado.

* Pelo visto, vai no mesmo rumo da CPI da Pedofilia.

* Nenhum relatório emitido.

* Na abertura dos trabalhos de hoje, quem deve fazer a leitura da Mensagem Governamental é o vice-governador César Messias.

* É que o governador Tião Viana cumpre outras agendas.

* Tomara que César seja como Alexandre!

* Calma aí, não é o Alexandre, o Grande. É o Marcus Alexandre mesmo, o prefeito de Rio Branco.

* Alexandre é sempre breve e claro.

 * Ontem, utilizou à risca os 15 minutos que lhe foram concedidos, na Câmara de Vereadores, em sessão solene de início dos trabalhos.

* “Bom, prefeito!”

* O elogio veio de quem?

* Da vereadora Eliane Sinhasique (PMDB), sua ferrenha opositora. Olha aí como se conquista pela postura!

* E amanhã, volta o martírio dos 11 mil servidores públicos que serão demitidos a por ordens do STF.

* A coisa parece não ter fim. A ADI 3609 voltará à pauta.

* Ainda é tal da modulação que precisa ser votada.

* Ou seja, se discutirá a melhor forma de evitar grandes prejuízos a esses trabalhadores.

* Entrevista com o secretário de Segurança, Ildo Reni Graeb-ner, na edição de hoje, traz novidades importantes no setor, para reduzir o índice de criminalidade.

* Uma delas é a implantação do serviço digital de rádiocomunicação nas polícias.

* Aliás, este setor sempre funcionou da forma mais dinâmica possível, graças aos excelentes técnicos que compõem o quadro da Segurança.

* Agora, o sistema passa a ser digital e com isso acabam as escutas policiais pela bandidagem.

* Leia mais na Página 6.

* Confirmada também a chegada do ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, ao Acre, nesta sexta-feira.
  
* Interino: Resley Saab.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation