Pular para o conteúdo

Deputados vistoriam enchente do Rio Madeira e recebem críticas de Geraldo Pereira

 Uma comissão de parlamentares estaduais se deslocou, após a sessão ordinária de ontem, 27, com destino à região afetada pelas águas do Rio Madeira, em Rondônia. A ideia foi duramente criticada pelo deputado Geraldo Pereira (PT), que entende que a medida em nada ajuda o povo acreano.

 Ele sugeriu que fossem debatidas medidas para ajudar o governador Tião Viana neste momento, e não ir apenas ver a dimensão da enchente. Pereira também não poupou críticas ao discurso do deputado Walter Prado, que sugeriu a ida de equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros do Acre para o local.

“O Acre não pode opinar lá. O Governo do Estado está tomando todas as providências para que não haja nenhum impacto. Disso a população do Acre tenha certeza: estamos fazendo o possível”, declarou o deputado petista.

 Ainda em seu pronunciamento, Geraldo Pereira salientou que a presidenta Dilma Rousseff (PT) está sensível ao problema enfrentado pelo governo acreano e rondoniense e acrescentou que todos os ministros estão atentos às reivindicações dos dois Estados.

 Para o líder do PT, ir à área alagadiça não resolve o problema. O que os deputados acreanos devem fazer é discutir soluções viáveis para o abastecimento do Estado e empenhar apoio às ações do governador Tião Viana. Pereira disse que essa é uma luta de todos e não só de alguns. “Estamos falando do abastecimento de 800 mil acreanos. Esse é o grande debate. Esqueçamos a eleição”.