Pular para o conteúdo

Gazetinhas 19/03/2014

* Ô canseira…

* Circulando pelas redes sociais e zaps zaps da vida, fotos da “BR-364” com o asfalto rompido pelas águas do Rio Madeira.

* Mais uma mentira, uma doidice daquelas que ninguém sabe de onde surge e, de repente, vai tomando grandes proporções.

* A imagem, segundo a PRF, é uma montagem, utilizando a foto de outra rodovia do interior de Rondônia, em 2013.

* Muita falta do que fazer, né, não?

* A respeito de outra informação falsa que circulava pela rede, de que os aviões da FAB iriam suspender o transporte de produtos para o Acre, a Acisa também já tratou de desmentir.

* Ao contrário, além da ajuda da FAB, estão sendo contratados aviões cargueiros particulares para minimizar os problemas de desabastecimento.

* Pronto. Tá dito!

* Bora cuidar do que interessa, porque problema de verdade é o que não falta pra resolver.

* Infelizmente, a situação do Rio Madeira continua gravíssima e, consequentemente, os impactos para o Estado só tendem a piorar.

* Uma das alternativas viabilizadas para suprir a demanda será a vinda das cargas por balsa, de Manaus.

* Viagem que levará em torno de 40 dias.

* A situação do Acre, hoje, faz lembrar a de Cruzeiro do Sul, antes da BR-364 ser concluída.

* A começar pelo preço do tomate, que não para de subir.

* “E pra que comer tomate todo dia, homi?!”

* Viixe! Foi um leitor ranzinza que mandou perguntar…

* Diz que não aguenta mais tanta reclamação.

* Seu Lunga, seu Lunga!

* Outra leitora liga e pede providências em relação ao atendimento da OCA:

* A cidadã pega uma senha. Espera o tempo necessário.

* É atendida, mas, durante o atendimento, a funcionária informa que será necessário realizar encaminhamento para outro serviço para que o problema seja solucionado.

* Até aí tudo bem.

* A chateação vem em seguida: “a senhora tem que pegar outra ficha”. Ou seja, começar tudo de novo!

* “Mas como? Eu já estou sendo atendida”.

* “É o procedimento, senhora!”.

* É de lascar!

* Concordo que o atendimento da OCA decaiu muito de uns tempos pra cá.

* Talvez pelo crescimento da procura pelos serviços, o fato é que a organização e a rapidez de outrora estão deixando muito a desejar.

* Um espaço tão bom… Uma proposta tão boa…

* Lembro o quanto fiquei maravilhada as primeiras vezes que fui lá…

* Nas últimas, como a leitora, também saí cuspindo fogo.

* Fica a dica.