Pular para o conteúdo

O que interessa

Mesmo que o Estado tenha questões mais graves a debater e resolver, como a crise de desabastecimento com a cheia do Rio Madeira, admite-se a vinda dessa comissão da Câmara Federal para debater o chamado marketing multinível.

Como os senhores deputados estão viajando e sendo mantidos pelo dinheiro público, é de esperar, pelo menos, que este debate seja conduzido com seriedade e objetividade para resolver ou dar o devido encaminhamento a uma questão que já rendeu o que tinha a render, que é o desbloqueio dos recursos dos investidores ou divulgadores na Telexfree.

A julgar pelos diversos pareceres do Ministério Público e decisões judiciais, ficou evidenciado que se trata de uma empresa que operava pelo sistema de pirâmide financeira, como tantas outras. Por mais argumentos que se apresente, não há o que contestar.

O que importa agora é que se encontre a devida saída judicial para devolver os recursos dos investidores que de boa-fé ou não investiram suas economias e estão passando por sérias dificuldades. E o que menos interessa é a politicagem que espertalhões estão fazendo sobre a questão com vistas às eleições que se aproximam.