Justiça Eleitoral registra 32 mil eleitores sem o recadastro biométrico

Biométria-OLDados do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) apontam que dos 229.844 mil eleitores sujeitos a revisão biométrica, no início do prazo, que encerrou no dia 1º de março, 197.241 mil pessoas fizeram o recadastramento, ou seja, 85,82%. Dessa forma, 32.603 mil eleitores poderão deixar de votar este ano, uma soma de 14,18%.

Apesar do prazo já ter se esgotado, as pessoas que ainda não fizeram o recadastramento poderão regularizar o título, a partir da próxima segunda-feira, 10, até o dia 7 de maio. Ainda assim, não há garantia de votação nas eleições deste ano. Os pontos de atendimento confirmados são o Fórum Eleitoral de Rio Branco, na BR-364, e a OCA. Para isso, basta levar um documento oficial com foto e comprovante de endereço.

Ainda de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira, 7, pelo TRE/AC, 3.875 eleitores que estavam com o título cancelado ou suspenso, regularizaram a situação. Além disso, foram feitos 12.219 alistamentos eleitorais e 15.532 transferências de títulos para a Capital, totalizando 228.867 eleitores aptos a votar nas eleições de 2014, em Rio Branco.

Segundo o diretor-geral do TRE/AC, Carlos Venícios Ferreira, quem não fez a biometria até o dia 1º de março, só conseguirá fazer a Certidão de Quitação Eleitoral no Cartório Eleitoral, pois o seu nome estará no banco de pendências. “O eleitor poderá regularizar a sua situação documental, porém, entrará no banco de erro, terá de pagar multa e nem todos conseguirão votar este ano”, explica.

Até o dia 7 de maio, serviços básicos como a transferência de títulos de outras localidades para Rio Branco e o alistamento eleitoral poderão ser realizados normalmente.

O diretor-geral afirma que o resultado é positivo, pois em alguns estados não se alcançou o percentual de 86%, tendo em vista que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considera necessário haver um mínimo de 80% de comparecimento do eleitorado. “Isso foi possível graças ao esforço de toda a equipe, que realizou atendimentos em sábados, domingos e feriados”. (Foto: Odair Leal/ A GAZETA)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation