Melhor jogador de Futsal da história, Falcão revela apoio a #gessenopuskas

Primeiro, Tiago Leifert, jornalista esportivo, Muricy Ramalho e Gilson Kleina, treinadores de futebol, de São Paulo e Palmeiras, respectivamente, e Emerson Sheik, atacante do Botafogo. Depois, Carlos Alberto Torres, ex-jogador, capitão da Seleção Brasileira no tricampeonato mundial, no México, em 1970. Agora Falcão, melhor jogador da história do futsal.

O número de adeptos e personalidades do esporte que demonstram seu apoio a campanha #gessenopuskas vem crescendo a cada dia com o intuito de levar o atacante do Atlético Acreano, Gessé, que marcou um gol antológico de antes do meio de campo e de primeira contra o Andirá, no dia 20 de abril pelo Campeonato Acreano, para a disputa do Prêmio Puskas, da Fifa, que elege o gol mais bonito do ano.

Nesta terça-feira (6), foi a vez do astro do futsal brasileiro e mundial revelar sua admiração pelo gol feito por Gessé e manifestar sua torcida para que o acreano possa marcar presença e seja o grande vencedor da premiação oferecida pela principal entidade do futebol.

“Eu sou mais um que apoia o Gessé no Prêmio Puskas. Já fiz alguns gols bonitos, mas a felicidade do Gessé de pegar aquela bola de primeira, a dificuldade é muito grande. Gessé, tô contigo, hein. Vou votar em você”, disse Falcão.

O gol que entrou para história do futebol Acreano já rendeu a Gessé uma placa, dada pelo Atlético-AC, além de o atacante ter virado o principal assunto nas conversas de rua sobre o esporte e estar em evidência no noticiário esportivo nacional.

O destaque fez ainda com que o Atlético recebesse sondagem do Tanabi-SP, que disputa a Segunda Divisão do Cam-peonato Paulista e recentemente contratou o atacante paraguaio Salvador Cabañas. (Globoesporte.com)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation