As melhores cidades do mundo para o estudante

O bom estudo é a fundamentação sólida das profissões. Estudo é o tempo que uma pessoa gasta na obtenção do conhecimento. Estudar é ter conhecimento geral do mundo e da vida. Hoje, mais do que antes, o sonho de todo jovem, que deseja um futuro brilhante, é estudar em boas universidades. Para tanto, muitas vezes é necessário sair pelo mundo à procura de boas instituições de ensino. É isso que aponta o instituto inglês QS World University Rankings, que realizou uma pesquisa para apontar quais as melhores cidades do mundo para se estudar.  O resultado, divulgado em 14/02/2012, revelou que Paris é a primeira da lista, seguida por Londres, Boston, Melbourne e Viena.

A metodologia da pesquisa consistiu em selecionar as cidades com mais de 250 mil habitantes e com, pelo menos, duas instituição reconhecidas pelo site. Enquadravam-se nesses pré-requisitos, 98 cidades. Dessas, 50 entraram no ranking. A pontuação baseou-se em 12 critérios, divididos em cinco categorias: performance das universidades no QS World University Rankings; diversidade de estudantes (considerando a perspectiva internacional); qualidade de vida; popularidade entre os empregadores; acessibilidade (custo de vida e ensino)..]

Vejam-se, segundo o instituto inglês QS, as 50 melhores cidades, por ordem de qualidade, segundo o  QS Best Student cities 2012:

Letras1
Letras2

Segundo a pesquisa, a Europa superou os EUA em um novo ranking das melhores cidades do mundo para se estudar, este novo ranking foi publicado pela primeira vez pelo mesmo grupo de pesquisa que publica anualmente o QS World University Rankings.

Paris está no topo da lista, à frente de Londres, Boston e Melbourne, com outras 6 cidades europeias completando as dez melhores. Singapura (12th) é a melhor cidade asiática na lista a frente de Hong Kong (19=) e Tóquio (19=), enquanto a Austrália é o único país com duas cidades no top 10.

A Europa triunfa em qualidade de vida e custo de estudos, com o preço das anuidades abaixo de US$1,000 nas cidades que estão no top 10 tais como Paris, Viena, Zurique e Berlim comparados com $30,000 nos EUA.Vinte cidades europeias fazem o top 50 contra com 9 cidades da Ásia e 9 cidades da América do Norte. Há quatro cidades classificadas na América Latina: Buenos Aires (24), Cidade do México (31) Santiago de Chile (41) e São Paulo (45).

Londres é a líder se tomarmos a qualidade de suas melhores universidades, mas Paris possui um número maior de universidades internacionalmente renomadas.

* Luísa Galvão Lessa – É Pós-Doutora em Lexicologia e Lexicografia pela Université de Montréal, Canadá; Doutora em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Membro da Academia Brasileira de Filologia; Membro da Academia Acreana de Letras; Membro Fundador da Academia dos Poetas Acreano; Pesquisadora Sênior da CAPES.

Assuntos desta notícia