Marcio Bittar fala na volta da ‘democracia e da liberdade’

 O candidato Marcio Bittar (PSDB) votou em seção no prédio de uma faculdade particular do Bairro Aviário, pouco depois das 9h deste domingo.

Acompanhado da esposa Márcia, e de seus dois filhos, Bittar levou pouco menos de um minuto para votar e a jornalistas disse ter “a sensação de que o Brasil se encontrou com a democracia e com a liberdade”, numa demonstração de otimismo, em torno de uma eventual vitória para o Governo do Estado.

Num breve retrospecto da campanha, Bittar creditou o fato de ter ido para o segundo turno à sua militância.

“Foram os voluntários que me trouxeram aqui. Foi em nome deles que eu me levantei em nome da reabertura da democracia neste estado”. E frisou: “Chegou a bora de acabar com a política do medo e da perseguição”.

Questionado sobre a quantidade de pesquisas emitidas às vésperas destas Eleições de domingo, algumas apontando vitória do governador Tião Viana à reeleição, e outras em seu favor, Marcio Bittar foi objetivo: “Essa de hoje [a votação] é a melhor de todas as pesquisas. Hoje, ela é a mãe de todas”.

Marcio Bittar seguiu para casa, onde acompanharia o desenrolar das apurações, após 17h.

 

Assuntos desta notícia