Servindo a boa causa

Ontem foi lançada em Rio Branco a edição deste ano da Campanha da Fraternidade. O tema de 2015 é ‘Fraternidade: Igreja e Sociedade’, que veio acompanhado do lema ‘Eu vim para servir’. Em outras palavras, faz um chamado para aprofundar o dialogo entre a Igreja e a sociedade civil para lutar pelo bem maior do povo, através da mensagem do Evangelho.

A causa da campanha é nobre. Algo que todo mundo, por mais descrente ou atarefado que seja, deve buscar no fundo da sua alma. E, na bondade do seu interior, descobrir que ser bom, ser solidário, ativo e não se calar diante das mazelas sociais, fortalece a quietude do espírito.

O Carnaval passou. Agora é hora de refletir por tempos de paz e de tranquilidade. Se a sua causa não é religiosa, tudo bem. Mas que seja nobre, socialmente relevante. Busque abdicar de interesses próprios e  valorize aqueles que são altruístas.

O próprio poder público, que deve ser ecumênico em todas as suas ações de incentivo, apoiou a campanha de forma correta. Criou um comitê para corrigir uma tensa questão social, que é o tráfico de pessoas, e outro para consolidar as políticas de trabalho social.

Se sua fé não o deixa abraçar uma campanha católica, então abrace a boa essência da iniciativa.

Assuntos desta notícia