Secretaria de Educação começa ações para retorno do ano letivo

Na Capital, 19 escolas abrigam famílias vítimas da enchente
Na Capital, 19 escolas abrigam famílias vítimas da enchente

Com o retorno do ano letivo previsto para o dia 16 de março, a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) inicia as ações para recuperação das escolas alagadas e limpeza das escolas que estão servindo de abrigo em Rio Branco e Brasileia, desde a semana passada.

Entre as primeiras ações, está o encaminhamento das famílias com condições de retornarem às suas residências. Já as famílias que ainda têm suas casas alagadas ou que não possuem local para ir, serão transpostas para um abrigo determinado pela Defesa Civil.

A histórica alagação atingiu 17 escolas da rede estadual de ensino nos municípios de Assis Brasil, Brasileia, Rio Branco, Tarauacá e Xapuri. Na Capital, são 19 escolas que abrigam 802 famílias prejudicadas pela enchente, contando com apoio de 549 servidores da educação no trabalho voluntário.

Evaldo Viana, diretor de gestão da SEE, explicou que toda a comunidade escolar será mobilizada durante esta semana. “Queremos estimular a solidariedade e o auxílio às instituições de ensino que cederam seus espaços para a população, fundamental para contermos os prejuízos causados aos milhares de acreanos desabrigados”, disse. (Astorige Carneiro / Assessoria SEE)

Assuntos desta notícia