Enchente: Fieac mobiliza instituições e empresários no apoio às vítimas

 Desde o último fim de semana, o Sesi/AC cedeu o Ginásio Rui Lima do Nascimento e o Mini Ginásio Abrahão Felício para abrigar, até o momento, 180 famílias atingidas pela enchente do rio Acre. Aproximadamente 650 pessoas estão divididas em alojamentos montados nas duas unidades, recebendo apoio constante de colaboradores da instituição e voluntários dos mais diversos setores da sociedade.

No início da semana, funcionários da Casa da Indústria realizaram campanha interna para arrecadação de donativos para os colegas que foram atingidos pela catástrofe natural. O exemplo foi abraçado e estendido, prontamente, pelo presidente do Sistema Fiac em exercício, José Luiz Assis Felício, que, além de incentivar a arrecadação interna, mobilizou o setor industrial a fazer o mesmo, como vem sendo feito costumeiramente pela instituição sempre que incidentes do tipo ocorrem no estado. Ele também instituiu que a sede da Fiac será ponto de coleta para arrecadação e redistribuição de doações vindas da comunidade.

“O Sistema Fiac nunca cruzou os braços diante de situações de emergência e calamidade como a que estamos vivenciando. Não seria agora que ocultaríamos nosso apoio, principalmente testemunhando o sofrimento e as privações que a população de Rio Branco, Brasileia, Xapuri e Tarauacá vêm passando. Além disso, também temos diversos colaboradores que estão vivendo essa situação. Temos a obrigação de agir. Lutar pelo bem do nosso estado é a nossa missão”, garantiu José Luiz.

Voluntariado e atividades – Na tarde de terça-feira, 3 de março, colaboradores da Fiac montaram centenas de cestas básicas para serem distribuídas às famílias abrigadas no Complexo Poliesportivo do SESI. De acordo com a superintendente do Sesi, Gisélia Belmina Beserra, grupos de voluntários formados por colaboradores da instituição, acadêmicos da Uninorte, servidores públicos, entre outros, têm se revezado. A média é de 80 a 100 pessoas por turno. “Mas estamos sempre precisando de pessoas para ajudar, nunca é demais”, ressaltou.

Para entreter as famílias, equipes a serviço do Estado estão realizando atividades recreativas, como sessões de beleza para a ala feminina, e esportivas para as crianças, na pista de corrida. Já o Sesi, a fim de orientar na preparação de refeições observando as condições adequadas de higiene e, inclusive, promover a melhoria da renda, está realizando cursos do Cozinha Brasil. Trata-se de um programa que ensina a prática de uma alimentação nutritiva e saudável, de baixo custo, além de aproveitar integralmente os alimentos, reduzindo o desperdício.

Serviço:

Endereço Casa da Indústria: Avenida Ceará, 3727, bairro 7º BEC (ao lado da Agroboi).

Contato: (68) 3212-4202

Fieac mobiliza instituições e empresários no apoio às vítimas - FOTO Fieac (1)

Assuntos desta notícia