Polícia prende acusada de usar bebê de 15 dias para disfarçar transporte de cocaína

Deusenir da Silva Sena, 24 anos, e Lenira Diogo da Silva, 20 anos, foram presas na tarde de sábado, dia 21. Elas foram flagradas com drogas no posto de fiscalização policial localizado no entroncamento da BR-317, que dá acesso a Xapuri.

De acordo com policiais civis de Xapuri, a prisão das mulheres ocorreu em uma fiscalização de rotina. A equipe de investigadores decidiu parar um táxi vindo de Brasiléia. Dentro do carro viajavam as duas mulheres e cinco crianças. Entre elas havia um bebê recém-nascido, de apenas 15 dias de vida.

Um dos investigadores reconheceu Lenira Diogo da Silva, que é mulher de um traficante foragido da Justiça. Diante da presença da Lenira e do excesso de nervosismo de Deusenir, os policiais resolveram fazer uma revista rigorosa nas bagagens. Dentro de uma bolsa das roupas da recém-nascida, os policiais encontraram cocaína.

Deusenir, a mãe da recém-nascida, resolveu contar que foi até a Bolívia a convite de Lenira para pegar a droga. Ela contou que iria sozinha. Só que, de última hora, Lenira decidiu acompanhá-la e levar as crianças para tentar despistar a polícia.

O plano não deu certo. As duas mulheres foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil de Xapuri. Lá, o delegado Sérgio Lopes indiciou as duas por tráfico internacional de drogas.

As crianças, incluindo a recém-nascida, serão entregues ao Conselho Tutelar para procurar parentes que fiquem com suas guardas.

Polícia prende mulher que usava bebê de 15 dias para disfarçar transporte de cocaína 5 Polícia prende mulher que usava bebê de 15 dias para disfarçar transporte de cocaína 4 Polícia prende mulher que usava bebê de 15 dias para disfarçar transporte de cocaína 1

Assuntos desta notícia