Assembleia Legislativa realiza sessão solene em comemoração ao Dia do Índio

Sessão contou com a presença de vários índigenas
Sessão contou com a presença de vários indígenas. (Foto: Agência Aleac)

A Aleac realizou na manhã de quinta-feira, 23, a pedido do deputado Jenilson Lopes (PCdoB), sessão solene em alusão ao Dia do Índio, comemorado no dia 19 de abril.

O parlamentar ressaltou as conquistas alcançadas pelos indígenas do Acre. Frisou ainda que apesar das dificuldades enfrentadas em determinadas áreas, o Acre continua sendo um dos estados que possui melhor atendimento aos indígenas, em especial, a saúde.

“Em todos os municípios há equipes itinerantes que contam com agentes especializados no atendimento à nossa população indígena”, salienta.

Jenilson comentou também sobre a PEC 215/2000, que transfere para o Congresso Nacional o poder de aprovar demarcações de terras indígenas e ratifica as já existentes. Ele afirmou ser contra a proposta.

“Sou contrários à PEC, porque é um retrocesso às conquistas alcançadas. O número de terras indígenas, hoje demarcadas no Estado são frutos das lutas do Governo do Estado juntamente com o Governo Federal, portanto, não podemos simplesmente deixar isso de lado e aceitar tamanho retrocesso”, pontuou o parlamentar.

O líder do governo, deputado Daniel Zen (PT) também se pronunciou quanto à tramitação da matéria. “Sabemos que no formato atual já é bastante difícil, imagine se o Congresso ficar responsável. Não podemos deixar que tramite e seja aprovado sem a discussão, antes, nos parlamentos estaduais”, a PEC 215/2000″, falou.

O presidente do parlamento estadual, deputado Ney Amorim (PT) destacou a importância dos povos indígenas para o país. “São mais de 500 anos de luta para garantir o direito a terra, o respeito e a preservação da sua identidade. Os índios construíram esse país e é mais do que justo que eles tenham políticas que garantam o seu bem-estar. A casa do povo está aberta para toda e qualquer pauta que seja importante para a classe indígena do Acre”, afirmou.

A Assessoria Especial de Juventude do Acre, Alana Manchineri, lembrou que a luta dos povos indígenas é de toda a sociedade. Ela destacou as ações políticas que vem sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado para beneficiar os índios do Acre.

“Atualmente no Acre os índios têm uma representação forte dentro das políticas voltadas para a classe indígena. Eu mesma faço parte de uma comissão indígena que articula, a nível nacional, encontro de jovens de várias etnias com o objetivo principal de ampliar nossos conhecimentos. Já obtivemos muitas conquistas, mas a luta dos índios continua e essa luta é de todos”, disse.

Assuntos desta notícia