Gazetinhas 19/04/2015

* 19 de abril, Dia do Índio.

* E, a cada ano que passa, a data perde mais a sua simbologia, embaralhada entre outras tantas folhinhas no calendário…

* Mal, mal é comemorada nas escolas, com as criancinhas fantasiadas com cocar e os rostinhos pintados de tinta guache.

* Quem nunca?!

* Hoje, os tempos são outros… E os valores e interesses também.

* Ao invés das fantasias lúdicas e das histórias culturais de nossos antepassados, a criançada quer saber mesmo é dos lançamentos de joguinhos do Ipad…

* Ou das fotos que irão postar no Instagram.

* Cada vez mais precoces, tecnológicos e “automatizados”.

* Enfim…

* Correta, sensata e até tardia a decisão do Governo do Acre de repassar a responsabilidade pelo acolhimento dos imigrantes que chegam ao Estado ao Ministério da Justiça.

* O anúncio foi feito pelo secretário de Direitos Humanos, Nílson Mourão, que justificou o inquestionável:

* Após quatro anos e meio de trabalho e espera por ações do Governo Federal, o Acre não tem mais condições de abrigar os imigrantes.

* Só para se ter uma ideia, o custo total com a ajuda humanitária já gira em torno de R$ 23 milhões;

* Com o aluguel da chácara onde estão alocados os estrangeiros foram gastos R$ 121 mil.

* E R$ 3 milhões já é a dívida do governo local com a empresa de transporte contratada para encaminhar os imigrantes para o Sul do país.

* Nas redes sociais, o governador Tião Viana se pronunciou sobre o assunto:

* “É uma questão de Estado Nacional, cabendo ao Ministro da Justiça o caso”.

* O óbvio.

* Já passou da hora de a União assumir uma responsabilidade que sempre foi dela.

* O problema, agora, é quando e como isso irá acontecer…

* Já que agilidade e boa vontade pra fazer, sabemos, não são os fortes do Governo Federal.

* Pelo menos, não nesse assunto.

* Leitora Maria José manda email, cobrando mais reportagens na imprensa sobre a questão da redução da maioridade penal.

* “É um dos temas de maior importância debatidos hoje no Congresso. E quase não vejo a mídia local fomentar as discussões”.

* Pra iniciar as reflexões, ela diz que é contra.

* E argumenta que, segundo dados do Ministério da Justiça, somente 0,5% dos crimes hediondos no país são cometidos por menores.

* “Certamente, 90% da população que é a favor da PEC não sabe disso. É preciso aumentar a conscientização”.

* Um bom puxão de orelha, Maria José.

* 19 de abril, dia também do saudoso amigo Ramiro Marcelo, ex-repórter de Esporte e diagramador desta GAZETA, falecido há dois anos, vítima de um câncer.

* Era o meu companheiro nas festinhas dos aniversariantes de abril.

* Saudade…

Assuntos desta notícia