Lourival Marques anuncia investimento de mais de R$ 80 milhões em municípios acreanos

 O líder do partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Lourival Marques, em pronunciamento no parlamento estadual na manhã de ontem, 15, anunciou o investimento de mais de R$ 80 milhões em obras de infraestrutura, saneamento básico e urbanização nos municípios de Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão e Santa Rosa.

As obras de pavimentação de ruas, rede de esgoto, rede de distribuição de água, porto (rampa de concreto armado e Terminal de Transbordo), drenagem de águas pluviais já iniciaram nos municípios de Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Jordão. Os serviços no município de Santa Rosa estão em fase de licitação.

“A maior dificuldade para a execução das obras está no transporte dos insumos”, explicou o deputado. A logística é complicada, já que, devido à quantidade e ao peso, só é possível transportar os insumos em balsas e, as viagens só podem ser realizadas nos meses de outubro a abril, quando o nível do rio está elevado.

O parlamentar destacou ainda a reunião da Comissão de Legislação Agrária, Fomento, Agropecuária, Indústria e Comércio, Ciência e Tecnologia e Meio Ambiente na terça-feira, 14, com representantes da Federação das Indústrias (Fieac), Federação do Comércio (Fecomércio), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetacre) e associações de produtores.

“O objetivo da reunião foi buscar ouvi-los para assim buscar formas de minimizar os prejuízos dos produtores rurais causados pelas últimas enchentes no Estado”, disse o deputado.

A Comissão recebe nesta quinta-feira, 16, representantes de instituições financeiras para discutir o mesmo tema. As reuniões são preparatórias para a audiência pública que será realizada em Rio Branco, dia 23 deste mês, no Palácio da Justiça.

Na audiência uma das questões a serem discutidas é a possibilidade de renegociação das dívidas dos produtores rurais com os bancos além de debater ações para disponibilização de crédito com juros e prazos especiais aos comerciantes, empresários e servidores públicos.

Assuntos desta notícia