Congresso em Foco acusa Sergio Petecão de faltar um dos seus quatro anos no Senado

Petecão disse que nunca faltou sessões deliberativas. (Foto: Agência Senado)
Petecão disse que nunca faltou sessões deliberativas. (Foto: Agência Senado)

O senador Sergio Petecão (PSD/AC) está na lista de nove parlamentares que a Revista Congresso em Foco noticiou que teriam faltado mais de 112 sessões no Senado entre fevereiro de 2011 a dezembro de 2014. Este número de sessões é equivalente a faltar um ano dos quatro que Petecão e os demais oito parlamentares tiveram na referida legislatura. Em 4 anos, foram 451 sessões.

Estas sessões são chamadas de deliberativas, de acordo com o levantamento do Congresso em Foco.  Elas servem para definir as votações na Casa. Portanto, a presença nelas é obrigatória.

Petecão é o único senador acreano na lista. No ranking, ele ocupa o quinto lugar. Além dele, os outros oito nomes dos que faltaram mais de 25% das 451 sessões são: Lobão Filho (PMDB/MA; ele é o mais faltoso); Mário Couto (PSDB/PA); Jader Barbalho (PMDB/PA); o ex-presidente Fernando Collor (PTB/AL); Francisco Dornelles (PP/RJ); Cícero Lucena (PSDB/PB); Epitáfio Cafeteira (PTB/MA) e Kátia Abreu (PMDB/TO).

Cada um teve seus motivos para as faltas. Algumas justificadas (ex: licença médica, afastamento do mandato para cumprir funções ministeriais), outros nem tanto.

OUTRO LADO
Petecão, por sua vez, negou que tenha faltado sessões deliberativas. Ele disse que participou de todas que, segundo o parlamentar, acontecem entre terça e quinta-feira. E confessa que se ausentou apenas das sessões de segunda e sexta-feira.

“Eu só falto nas sessões de sexta e segunda. Essas sessões é para quem mora em Brasília, para quem gosta de estar em Brasília. As sessões deliberativas, as que têm votação, que são terça, quarta-feira e quinta-feira, eu não falto. Mas na segunda-feira e sexta eu não vou porque eu estou no meu Estado, nas minhas bases”, teria declarado o senador, a um site local de notícias.

Assuntos desta notícia