Pular para o conteúdo

Em nota, comando da Polícia Militar nega clima de animosidade entre oficiais e cúpula do governo

O comando da Polícia Militar do Estado do Acre, por meio de nota, afirmou na manhã de sexta-feira, 17, que não existe clima de animosidade entre os oficiais da corporação e o Governo do Estado. O pronunciamento foi feito após matéria jornalista veiculada em site local afirmava que os policiais estariam revoltados com a concessão de reajuste salarial aos delegados.

No comunicado, os militares destacam que a Polícia Militar estão em conversa com o Governo do Estado e as Associações que representam os militares, acerca das propostas de reestruturação da corporação, tanto para a parte administrativa, quanto operacional.



Veja na íntegra a nota da PMAC

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) esclarece que vem discutindo junto ao Governo do Estado e as Associações que representam os militares, sobre as propostas de reestruturação da corporação, tanto para a parte administrativa, quanto operacional. O Comando esclarece ainda que a formatura geral, ocorrida ontem, 16, já estava prevista para ocorrer e tinha o intuito de apresentar as propostas sinalizadas como favoráveis pelo governo. O Comando da PMAC acertou com a Associação dos Militares do Estado do Acre (AME-AC) que se fizesse presente na formatura, a fim de fixar um diálogo conjunto com todos os oficiais e praças do quadro da PMAC e do Corpo de Bombeiros, uma vez que estava prevista para ocorrer nesta sexta-feira, 17, uma assembleia geral. Após a formatura, a AME explanou sua avaliação acerca do que fora apresentado e concordou com o que foi proposto. Por fim, o Comando ressalta que não existe nenhuma animosidade entre os oficiais.

error: Conteúdo protegido!!!