Pular para o conteúdo

MPE/AC ainda aguarda o processo que define progressão de regime a Hildebrando Pascoal

O Ministério Público Estadual ainda não recebeu o processo que solicita a progressão de regime para o semiaberto do ex-deputado federal e ex-coronel da Polícia Militar do Acre, Hildebrando Pascoal Nogueira Neto, de 63 anos. O MPE deverá se posicionar sobre o assunto nos próximos dias.

De acordo com a juíza Luana Campos, titular da Vara de Execuções Penais da comarca de Rio Branco, Hildebrando Pascoal já tem direito ao benefício, pois, entre outros requisitos, o ex-coronel ‘é considerado de bom comportamento, sem histórico de tentativa de fuga’. E a decisão será tomada pela juíza após a avaliação do MPE.



Ele passou os últimos 16 anos no Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro Alves. Hildebrando Pascoal é acusado de comandar um grupo de extermínio, o ‘esquadrão da morte’, no Acre nas décadas de 1980 e 1990. Somadas, suas penas totalizam mais de 100 anos de prisão.

Nas redes sociais, a notícia da possível saída do ex-coronel da prisão repercutiu bastante. Alguns internautas vibraram com a possível saída de Hildebrando, alguns usaram a informação de forma irônica e em alguns casos virou até ‘memes’.

A decisão final da progressão de pena deve sair ainda nesta semana.

error: Conteúdo protegido!!!