Pular para o conteúdo

Parlamentares acreanos integram coordenação da Frente Parlamentar sobre Ferrovia Transoceânica

A Frente parlamentar Mista terá atuação em todo o País. (Foto: Assessoria)
A Frente parlamentar Mista terá atuação em todo o País. (Foto: Assessoria)

O senador Jorge Viana e o deputado federal César Messias serão os parlamentares que vão representar o Acre na Frente Parlamentar Mista Brasil-Peru-China Pró Ferrovia Bioceânica, para discutir a viabilização desta obra, especialmente para região amazônica. A criação do grupo de trabalho, que é formado por parlamentares do Acre, Rondônia e Mato Grosso, foi feita no gabinete da Vice-Presidência do Senado, na manhã de quinta-feira, 20.

Com todas as assinaturas necessárias para sua efetiva instalação no Congresso, a Frente Parlamentar terá atuação em todo território nacional e tem caráter suprapartidário. Entre os seus objetivos, está à promoção da discussão sobre o papel estratégico da concessão da Ferrovia Bioceânica como rota de escoamento da produção agrícola/mineral do País, via Oceânico Pacífico, atendendo aos interesses do Brasil, do Peru e da China.



Integram a coordenação desta Frente Parlamentar, os senadores Jorge Viana (PT/AC), Valdir Raupp (PMDB/RO), Wellington Fagundes (PR/MT), Acir Gurgacz (PDT/RO), e os deputados federais Fábio Garcia (PSB/MT) e César Messias (PSB/AC). Também participou do encontro, o diretor executivo de uma estatal chinesa, ligado ao governo chinês, Wang Jianxun. Ele será um dos interlocutores entre os parlamentares e o governo e empresários chineses.

O senador Jorge Viana demonstrou preocupação com a manifestação de alguns empresários da região Sul e Sudeste do País que não apoiam a passagem da ferrovia pela Amazônia. Temos que nos organizar para lutar por uma infraestrutura para nossa região, que seja adequada do ponto de vista econômico, social e ambiental. Já traçamos algumas estratégias de trabalho, e isso inclui um seminário sobre essa obra lá no nosso Acre. A ferrovia bioceânica pode mudar definitivamente a economia geopolítica da nossa região. Temos que trabalhar e lutar por ela”, defendeu Jorge Viana.

César Messias também defende a importância da obra para o Acre, especialmente a região amazônica. “Essa Frente Parlamentar é muito importante porque nos possibilita acompanhar passo a passo essa obra que tanto vai modificar a nossa região. E ainda nos possibilita dar apoio político, no caso de entraves durante o processo de estudo e viabilidade”, disse ele. (Assessoria Parlamentar)

error: Conteúdo protegido!!!