Pular para o conteúdo

Deputados estaduais recebem comando de greve do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS)

Grevistas pedem apoio dos deputados estaduais. (Foto: Divulgação)
Grevistas pedem apoio dos deputados estaduais. (Foto: Divulgação)

Os deputados estaduais receberam na manhã de quinta-feira, 20, o comando de greve do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Os grevistas foram pedir apoio dos parlamentares quanto nas negociações com o Governo Federal quanto ao reajuste salarial, entre outras demandas.

Segundo o grevista Kennedy Afonso, atualmente o órgão possui apenas 114 servidores para atender mais de mil usuários do sistema diariamente. Ele destaca a necessidade, em caráter de urgência, da contratação de 10 mil servidores em nível de Brasil.



“Precisamos de 10 mil novas vagas e o governo só liberou 900. A nossa luta não é por aumento de salário, e sim por reposição de 25%”, pontua Kennedy Afonso.

Quanto à possibilidade de encerramento da greve, que já dura mais de 30 dias, o comando de greve afirma que     se o Governo Federal sinalizasse com a incorporação das gratificações, a greve estaria suspensa.

Após ouvir os grevistas, os parlamentares se comprometeram em elaborar uma nota e encaminhar à bancada federal do Acre no sentido de abrir o diálogo em Brasília junto ao Ministério da Previdência Social. O documento terá a assinatura de todos os deputados estaduais.

“Vamos encaminhar uma nota pedindo o apoio no sentido de facilitar o diálogo e tratar de encaminhar a partir do Ministério uma proposta que atenda ao movimento. Pediremos, também, a imediata suspensão do corte no ponto dos servidores”, disse o deputado Jenilson Leite (PCdoB), um dos parlamentares presentes na reunião.

error: Conteúdo protegido!!!