Pular para o conteúdo

Mulher é encontrada morta às margens do Rio Acre

Vítima sofria agressões do marido
Vítima sofria agressões do marido

A dona de casa Arlete dos Santos Queiroz, de 29 anos, foi encontrada morta, na manhã de terça-feira, 4, às margens do Rio Acre, em Rio Branco. Segundo os familiares da vítima, ela era viciada em drogas e sofria constantes agressões do companheiro. Eles acreditam que o marido possa estar envolvido na morte de Arlete.

De acordo com informações, populares encontraram o corpo da mulher e acionaram a polícia e o Serviço Móvel de Urgência (Samu), que constataram o óbito.



A delegada Juliana D’Angeles, responsável pelo caso, afirmou que a polícia está em investigação e que ainda não é possível divulgar a causa da morte.

“Não vou descartar nenhuma corrente. Na verdade quem vinha registrar o boletim na delegacia por agressões eram as irmãs da vítima, ela sempre se negava a vir. Nós já fomos até ela para fazer atendimento e ela sempre negava as agressões, e não queria ir ao IML fazer os exames. Os familiares faziam as denúncias e quando íamos apurar ela desmentia. O marido, inclusive, já foi ouvido e também negou as agressões”, conta a delegada.

error: Conteúdo protegido!!!