Pular para o conteúdo

Dois desembargadores do TJAC concorrem à vaga de membro do STJ

 Dois desembargadores do Tribunal de Justiça do Acre concorrem à vaga no Superior Tribunal de Justiça (STJ), aberta com a aposentadoria do ministro Sidnei Beneti, em agosto de 2014. Os magistrados Samoel Evangelista e Francisco Djalma integram a lista mais concorrida da história, com 40 candidatos disputando a vaga do último oriundo da Justiça estadual a se aposentar aos 70 anos.

Tendo em vista que é o maior ramo do Judiciário Nacional, as vagas destinadas à Justiça estadual no STJ são sempre mais concorridas que as demais. Isso acontece porque são 27 tribunais de Justiça contra cinco tribunais regionais federais.



A alta da procura pela vaga do ministro Beneti se explica pela PEC da Bengala. Como a idade para a aposentadoria compulsória foi aumentada de 70 para 75 anos, o próximo ministro oriundo da Justiça comum a se aposentar é Og Fernandes, mas isso só acontece em 2026.

Atento à acirrada disputa, o Tribunal de Justiça Acreano mandou os dois nomes.

Samoel Evangelista
Samoel Evangelista
 Francisco Djalma
Francisco Djalma

 

 

error: Conteúdo protegido!!!