Pular para o conteúdo

Comissão analisa Projeto de Lei que estimula campanha de prevenção ao Glaucoma

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa (Aleac) aprovou o Projeto de Lei nº 44 que dispõe sobre a implantação da Campanha Permanente de Esclarecimento, Prevenção e Combate ao Glaucoma no âmbito do Estado do Acre. O autor da proposta é o deputado Chagas Romão (PMDB).

De acordo com o parlamentar, o projeto tem o condão de estimular a realização de campanhas educativas, palestras e todo tipo de apoio aos portadores de glaucoma, seus familiares e aos grupos de risco detectados. Ele frisa ainda que a proposta também estimula a parceria com associações e entidades com experiência nessa área e com universidades na campanha.



“Por se tratar de uma doença silenciosa e perigosa, é necessária uma atenção maior. O glaucoma é tratável e por isso mesmo a enorme importância dessa campanha ora proposta, já que o controle desde logo em sua fase inicial torna muito mais eficaz o tratamento”, falou.

O Projeto de Lei nº 75, de autoria do deputado Eber Machado (PSDC), também foi apreciado pela comissão. O PL institui a campanha de conscientização quanto ao risco de trombose por mulheres que fazem uso de anticoncepcional e são portadoras do gene da trombofilia no âmbito do Estado.

Eber destacou que a proposta visa contribuir para a redução do número de mulheres que desenvolvem problemas de saúde em decorrência do uso de anticoncepcionais.

“Cabe enfatizar que não se pode generalizar, ou seja, não são todas as mulheres que fazem uso de anticoncepcional que vão desenvolver trombose. Mas, sem dúvida, quem fuma e usa pílula tem mais chance, ante a modificação do sangue em virtude da associação da nicotina e do hormônio, facilitando a formação de coágulo”, explicou Eber Machado.

Os dois projetos serão encaminhados ao plenário do parlamento estadual para serem votados pelos parlamentares.

error: Conteúdo protegido!!!