Pular para o conteúdo

Deputado denuncia multas abusivas a produtores rurais por ICMBio

Deputado pede apoio da bancada federal e senadores. (Foto: Agência Aleac)
Deputado pede apoio da bancada federal e senadores. (Foto: Agência Aleac)

O líder do Partido Democratas (DEM) na Assembleia Legislativa (Aleac), deputado Antônio Pedro, ressaltou a participação em audiência pública, no último final de semana, do qual foram debatidas as multas aos produtores rurais que residem na Reserva Extrativista Chico Mendes.

“Presenciei depoimentos de produtores rurais que estão chocados com a maneira que fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) os têm tratado. Foram relatados valores de multas que chegaram a 180 mil reais. Isso é inaceitável”, falou.



O parlamentar frisou que o valor excessivo da multa coloca em risco a renda dos produtores. “Como uma pessoa simples, que vive do que cultiva, vai conseguir pagar isso? É uma covardia o que estão fazendo, os fiscais chegam armados como se estivessem em busca de bandidos, humilhando pais de família que querem apenas trabalhar”.

Ele afirmou que durante a audiência foram relatados ainda pelos moradores da Resex que os fiscais estariam agindo de forma truculenta.  “Muitos se sentem coagidos com a ação de alguns fiscais que chegam armados, aplicam multas com altos valores e os ameaçam de serem expulsos de suas terras caso não paguem as taxas cobradas”.

Por fim, Antonio Pedro pediu que os parlamentares estaduais, federais e senadores mediassem uma conversa a fim de agilizar o cancelamento das multas. “Peço apoio aos meus colegas de parlamento, aos deputados federais e estaduais do Acre que se unam para ajudar essas pessoas. Precisamos buscar uma forma de viabilizar o cancelamento dessas multas. Aqueles produtores não possuem condições de pagar esses valores exorbitantes, finalizou.

error: Conteúdo protegido!!!