Deputado pede mais colaboração do governo com pequenos produtores

 O deputado Nelson Sales (PV) apresentou uma indicação a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), solicitando um estudo de viabilidade técnica visando a implantação de um programa de fortalecimento de produção e garantia de preço mínimo aos produtores de farinha do Acre. Pediu também a emissão gratuita de receitas destinadas a aquisição de vacinas contra brucelose.

O parlamentar alegou que os produtores rurais que vivem do plantio da mandioca visando à fabricação de farinha atualmente sofrem com as oscilações dos preços do mercado. E salientou que apesar do quilo de farinha custar cerca de R$ 5,00 para o consumidor, o produtor tem que repassar ele por um valor bem menor, o que não estaria cobrindo nem as despesas com a fabricação do produto.

“O ribeirinho gasta muito na sua produção para vender seu produto a um preço irrisório. É necessário que o governo olhe de maneira carinhosa para o pequeno produtor”, reforçou.

Outra situação apresentada pelo deputado foi em relação à cobrança de receitas emitidas por veterinários para a vacinação contra brucelose. Ele solicitou que essa receita seja disponibilizada sem ônus pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (IDAF), para produtores com até 50 cabeças de gado.

“Existe um acompanhamento no Estado para controle de brucelose, mas pequenos produtores precisam de uma autorização de um médico veterinário e para isso têm que pagar R$ 50,00. O mesmo valor que é cobrado para quem tem 50 cabeças de gado é cobrado para quem tem mil, o que achamos injusto”, concluiu.

 

Assuntos desta notícia