Na abertura da Feira do Peixe é inaugurado o mercado especializado em pescado

 A Feira do Peixe da Semana Santa e Agricultura Familiar da Semana Santa foi aberta na terça-feira, 22, no Ceasa. Idealizada e apoiada pelo governo do Acre e da Prefeitura de Rio Branco, além da Central de Abastecimento a Feira ocorre nos mercados Elias Mansour, Estação Experimental, Seis de Agosto e Cidade do Povo, além de Peixeiros da Avenida Amadeo Barbosa e comunidades do Panorama e Quixadá.

Na ocasião, o novo Mercado do Peixe foi inaugurado, construído pela prefeitura com recursos do governo federal. O mercado conta com 28 boxes destinados à venda de peixes tratados. Tudo para que o público que frequenta a Ceasa tenha ainda mais comodidade.

O mercado tem estrutura totalmente voltada para atender as técnicas de tratamento do pescado e as normas da Vigilância Sanitária. Após inspeção, a diretora da Vigilância Sanitária de Rio Branco, Luana Esteves, assegurou que as instalações seguem os padrões adequados para funcionamento, com pia que garante água corrente, paredes azulejadas, pias de mármore e piso correto. Informou ainda que os piscicultores e tratadores de peixe já passaram por capacitações para transportar e manejar o pescado adequadamente dentro das normas de limpeza, asseio e higiene.

A estimativa é que cerca de 1 mil famílias sejam impactadas positivamente, de forma direta e indireta, pelos negócios do peixe realizados a partir desse mercado.

A estimativa dos comerciantes é que o movimento na Ceasa deve crescer muito até a próxima quinta-feira. A estimativa dos organizadores da feira é que 120 mil quilos de peixes sejam comercializados e 400 toneladas de produtos hortifrutigranjeiros. São esperados R$ 2,6 milhões de movimentação financeira.

O secretário da Seaprof, Glenilson Figueiredo, afirma que adquirir os produtos da feira ajuda a produção familiar do Acre e é a certeza de um alimento saudável. “Durante a Semana Santa é sempre uma boa oportunidade para que as pessoas conheçam nossa produção e o resultados dos investimentos na piscicultura e na agricultura familiar realizados pelo governo do Estado”.

O objetivo geral da feira é promover a exposição e comercialização do pescado e de produtos hortigranjeiros a um preço acessível à população, proporcionando a melhoria da renda aos produtores, piscicultores e comerciantes – e agora em condições muito melhores já que será realizada no Mercado Peixe. “De mãos dadas vamos vencer os desafios”, disse Marcus Alexandre ao parabenizar e agradecer a cada parceiro do empreendimento. (Com informações assessoria PMRB)

1 - Inauguração Mercado do Peixe (Fotos Assis Lima)   (22) 1 - TABELA PREÇO PESCADO 2

Assuntos desta notícia