Projeto oferece mudança de categoria na CNH de graça; prazo é até 1º de abril

 O projeto CNH social oferece oportunidade aos condutores a mudar de categoria na Carteira nacional de Habilitação (CNH) de forma gratuita. A iniciativa é do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest-Senat), e é totalmente financiada sem nenhum custo para os selecionados.

No Acre, são oferecidas 500 vagas para primeira habilitação e 500 para adição de categoria. Porém, os interessados em adicionar as categorias “C”, “D” e “E” devem se apressar, pois restam apenas 130 vagas. As inscrições devem ser realizadas até sexta-feira, 1º de abril, no site do Sest- Senat.

A iniciativa visa ampliar a empregabilidade e qualificação em cursos profissionais para o ingresso no mercado de trabalho e atuação no setor de transporte. O departamento Estadual de Trânsito (Detran) é responsável pelo credenciamento de Centros de Formação de Condutores (CFC), como o projeto CNH Social do Sest-Senat.

Segundo o Sest-Senat, o interessado em concorrer a uma vaga no curso gratuito de mudança de categoria deve possuir habilitação na categoria ‘B’ pelo menos há um ano, além de não poder ter cometido infração grave, gravíssima ou reincidente de infrações médias nos últimos 12 meses.

Além disso, para se inscrever o candidato deve ter entre 18 e 27 anos completos na data da inscrição, comprovar renda individual de até três salários mínimos, saber ler e escrever. O edital completo com mais informações está disponível no link: www.sestsenat.org.br/Paginas/cnh-social-sest-senat.

 

Assuntos desta notícia