Gazetinhas 03/04/2016

* Mais de 60 quilos de carne, 250 litros de bebidas artesanais…

* Fraldinha, toscana, bisteca, filéeee!!

* A churrascada boa deste domingo iria acontecer, nada mais, nada menos, do que no presídio Francisco d’Oliveira Conde.

* Te mete que os bandidos do Acre estão mais bem servidos do que Pablo Escobar na famosa “Catedral”, rapaz!

* Ririri.

* Dessa vez, só não contavam com a astúcia dos agentes penitenciários, dos policiais da CIPG, do Bope e do Policiamento Ambiental, que se uniram para acabar com a farra.

* E olha que o esquema era grande, viu!

* Foram encontrados ainda mais de 20 celulares, drogas e dois bebedouros dentro das celas.

* Bebedouros?!

* Mas como é que se anda com um bebedouro dentro de uma penitenciária sem ninguém ver nada?

* E haja ação e investigação para coibir tanta corrupção entranhada em todas as instituições públicas do país.

* Ainda sobre o assunto…

* A Polícia Civil descobriu, durante as investigações da “Fim da Linha”, que uma das facções criminosas que atua no Estado mantinha até um cadastro atualizado com nomes dos integrantes na ativa, dos presos, dos mortos e até senhas pessoais de identificação!

* Tudo muito bem organizado e articulado.

* A notícia boa é que a operação não acabará por aqui.

* Por meio do material recolhido, a polícia aprofundará as investigações e poderá identificar outros integrantes do grupo, líderes, bem como responsáveis por crimes antigos.

* Não é fácil, mas vamos em frente.

* Com a tramitação do pedido de impeachment na Câmara Federal, aumenta a cobrança  sobre parlamentares em relação aos posicionamentos a respeito da votação.

* Deputado federal Alan Rick, cujo partido, o PRB, é da base do governo no Estado, e agora “independente” no Congresso Nacional, ficou numa sinuca de bico daquelas.

* Em pronunciamento, ontem, nas redes sociais, reafirmou que somente anunciará o voto, após o posicionamento da Comissão Especial da Câmara.

* E que, além da análise jurídica, está ouvindo a opinião dos eleitores que o elegeram.

* Mas, de antemão, avisou:

* “Meu partido rompeu com o governo Dilma e adotou postura independente, postura que estarei mantendo, votando a favor do Brasil e do povo brasileiro”.

* E continuou:

* “Meu anseio é o mesmo da população brasileira. Precisamos dar um basta na corrupção que assola o país, fruto de um sistema político falido”.

* Pra bom entendedor…

* Que Deus nos ajude, deputado. Que Deus o ajude!

* Até porque, depois desse voto, o clima não vai ser fácil por aqui, não.

* Shiiiiii.

Assuntos desta notícia