Angelim denuncia aumentos abusivos de planos de saúde

O deputado federal Raimundo Angelim (PT-AC) ocupou a tribuna da Câmara para, em plenário, denunciar os aumentos abusivos dos preços dos planos de saúde. De acordo com Angelim, a situação mais grave acontece nos planos de saúde de adesão coletiva, que concentram hoje 80% dos usuários.

“Suas mensalidades vêm disparando desde 2014, com reajustes que variam de 20%  até os absurdos 150%. Os reajustes concedidos pela Agência Nacional de Saúde, no período de 2012 a 2015, foram de 9,5% a aproximadamente 14%, enquanto a inflação estava em torno de 7% a 9%”, explicou durante a sessão legislativa dessa quarta-feira (06).

Angelim informou que o Senado deverá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para tratar da questão. “Na Câmara, infelizmente, uma iniciativa dessa natureza foi vetada pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha. Então, temos que nos rebelar contra esses aumentos abusivos dos planos de saúde, que contrariam inclusive os índices inflacionários vigentes no País”, disse o petista.

 

Assuntos desta notícia