Deputados voltam a debater falta de medicamentos nos municípios do Acre

 Os deputados que compõem a Comissão de Saúde da Assembleia legislativa do Acre (Aleac), em reunião, decidiram realizar uma audiência pública para debater a falta de medicamentos em algumas unidades de saúde do interior do Estado. A escassez de remédios tem aumentado à procura nos centros e postos de saúde de Rio Branco.

Segundo o presidente da Comissão, deputado Raimundinho da Saúde (PTN), o encontro acontece no dia 28 de abril. A sugestão da audiência pública foi dada pelo deputado Heitor Junior (PDT).

“Seria importante que audiências fossem realizadas em todas as regionais, pois, somente assim teríamos noção da amplitude do problema”, disse Heitor.

O primeiro encontro será realizado na regional do Baixo Acre. “A nossa intenção é melhorar o atendimento nos nossos municípios e desafogar Rio Branco. Faremos essa discussão com muita responsabilidade”, disse Raimundinho da Saúde.

Na ocasião serão convidados a participar da reunião representantes do Ministério Público do Estado ligados à Promotoria de Saúde, secretários municipais de saúde, além de prefeitos dos municípios próximos a capital.

A denúncia sobre a falta de medicamentos nas unidades do interior foi feita pelo deputado Raimundinho da Saúde. Ele destacou que devido à problemática nos municípios vizinhos, os pacientes estavam se dirigindo a capital para adquirir os remédios. O parlamentar relatou, inclusive, que a prefeitura de Rio Branco havia proibindo a distribuição de medicamentos a pessoas com receitas de outros municípios.

 

Assuntos desta notícia