Resolução cria CEI para investigar irregularidades no sistema de transporte público

 A Câmara de Vereadores de Rio Branco publicou, nesta terça-feira, 21, a Resolução Legislativa Nº 20, criando a Comissão Especial de Investigação (CEI). A Comissão irá investigar supostas irregularidades no sistema de transporte coletivo da capital acreana.

A medida foi assinada pelo presidente da Câmara, Manuel Marcos. A comissão tem o prazo de 90 dias para apresentar o relatório conclusivo e parecer técnico da investigação.

O vereador Railson Correia (PTN) foi escolhido como presidente da CEI, tendo como relator Jakson Ramos (PT). Os membros da comissão são Célio Gadelha (PSDB), Eduardo Farias (PC do B) e Roberto Duarte (PMDB). Já os suplentes são os vereadores N. Lima (DEM) e Artêmio Costa (PSB).

Segundo a publicação, a finalidade da CEI é “averiguar denúncias de supostas irregularidades nos Termos Aditivos de Renovação da contratação das empresas de transporte púbico municipal, como também, a participação de agentes públicos municipais em prejuízo da população que utiliza estes meios de transporte”.

Durante a sessão ordinária desta terça, 21, o líder do prefeito na Casa, Eduardo Farias (PC do B) afirmou que a sociedade pode ficar tranquila quanto às investigações. “Não terá nenhum acobertamento do errado”, disse.

Quanto aos boatos de que houve manobra para tirar o vereador Emerson Jarude (PSL) da comissão, o presidente da Câmara esclarece que não é “situação e nem oposição”. “estou aqui para defender essa Casa. Estou pronta para o debate, para ouvir cada vereador”.

 

Assuntos desta notícia