Pelo menos 79% dos rio-branquenses estão ansiosos pelas vendas na Black Friday, diz Fecomércio/AC

O rio-branquense se disse empolgado com a Black Friday e, segundo pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), ao menos 79% da população moradora na capital acreana afirmou estar no aguardo da data para fazer as compras de fim de ano. O estudo foi realizado entre os últimos dias 8 e 16 de novembro junto a 401 pessoas economicamente ativas.
A “Black Friday” é uma data comercial criada nos EUA e copiada pelo comércio brasileiro há pelo menos seis anos, com resultado positivo para o mercado de consumo interno. A sexta-feira do mês de novembro, distinguida como “Black Friday” é uma data em que o comércio trabalha com “superdescontos”, ao tempo em que tem a oportunidade de vender mais e aumentar seu faturamento operacional.
Dos que reiteraram expectativa para a data, 46% se referiu aos preços baixos como atrativo e 33%, às condições oferecidas ao consumidor. Outros 10% falaram que não estão empolgados com a data; 8% não se manifestaram a respeito e 3% afirmaram não querer adquirir mais gastos.
Os dados do estudo também demonstraram que 48% dos entrevistados aproveitaram a “Black Friday” do ano passado para compras de bens de consumo. Dentre os bens mais comprados por essa população, os aparelhos de TVs tiveram a preferência de 25%; geladeiras, de 17%; roupas de grife, de 16%; e 7% compraram fogão. Outros 7%, não lembram quanto ao objeto adquirido. Em 2017, 58% afirmaram que os gastos para a “Black Friday” de 2017 devem manter-se no mesmo patamar do realizado no mesmo período em 2016, de modo que 18% dos rio-branquenses sinalizaram a perspectiva de gastos aumentados no próximo dia 24 de novembro.
Além disso, para 44% da população de Rio Branco, os descontos anunciados pelo comércio possibilitariam o comprometimento de parte do 13º salário na grande de 2017. Outra parcela de 10% demonstrou intenção em gastar o 13º em sua totalidade nas compras na “Black Friday”. A pesquisa apontou, também, que 18% da população com potencial de consumo no mercado de Rio Branco não é beneficiária de 13º salário. Na “Black Friday” passada, essa população somava 2%.

Valor dos gastos
Para 34% da população de Rio Branco, o valor unitário médio para as compras no próximo dia 24 deveriam situar-se entre R$ 100 e R$ 200. Considerando que 23% admitiram gastos unitários equivalentes a até R$ 100, a pesquisa concluiu que 57% da população deveriam realizar gastos de até R$ 200 reais. Convém destacar a disposição de gastos acima de R$ 200 por 44% da população.
O estudo identificou que 60% da população pretendia pagar as compras na “Black Friday” 2017 mediante “dinheiro em espécie”, mas uma parcela de 32% deveria se utilizar do “cartão de crédito”; e 7%, do “cartão de débito”.

Pré venda de Natal
A gerente de uma loja de cosméticos, Sandra Silveira, afirmou que todos os produtos do estabelecimento têm descontos de 40%: a intenção é, realmente, chamar a atenção do cliente.
“No ano passado, tivemos um grande número de vendas e a expectativa desse ano é a mesma. Já tivemos um retorno do que deve acontecer até o próximo sábado, que é até quando vai a promoção, e foi positivo. Via redes sociais, já mostramos nossos produtos e as pessoas já se mostraram interessadas”, explicou Silveira.
Além disso, a gerente explicou que a Black Friday se tornou uma espécie de pré venda de Natal. “Com isso, teremos uma noção de como serão as comercializações natalinas”, finalizou. (Assessoria Fecomércio)

Assuntos desta notícia