Pular para o conteúdo

Rio Acre se mantém acima da cota de alerta e pode transbordar a qualquer momento

Foto Reprodução Rede Amazônica Acre

O Rio Acre, em Rio Branco, amanheceu nesta segunda-feira, 23, com 13,78 metros, de acordo com a medição feita às 6h pela Defesa Civil. Às 12h, o manancial marcava 13,72 metros.

Apesar do recuo das águas, a previsão é de muita chuva para os próximos dias, segundo o major do Corpo de Bombeiros, Cláudio Falcão. Só em dezembro já choveu 42% a mais do que o esperado para todo o mês. Nas últimas 24 horas, choveu 63 milímetros na Capital.

O rio está 22 centímetros acima da cota de alerta para Rio Branco, que é de 13,50 metros. A cota de transbordo é de 14 metros. Até o final da tarde desta segunda, 23, nenhuma família havia sido atingida nem retirada de suas residências.

“Temos uma boa notícia, mas continuamos totalmente alerta porque há vazantes significativas em Xapuri, Capixaba, Brasiléia e aumento de nível em Assis Brasil. É uma questão de esperar para ver se o rio vai recuar ou aumentar. Ele estabilizou, mas pode aumentar a qualquer momento”, disse o major.

Falcão ressalta que o período, conhecido como inverno amazônico, está sendo atípico. “Estamos em monitoramento e a previsão é de mais chuvas, tanto que em Assis Brasil, que estava em vazante até hoje de manhã, já houve um aumento. É uma questão atípica para o mês de dezembro, geralmente esse nível ocorre em janeiro e em fevereiro. Este ano está bem antecipado”.

Os primeiros bairros a serem atingidos pelas águas quando o rio transborda são: Airton Sena, Plácido de Castro, área do Aeroporto Velho, Baixada da Habitasa e Cadeia Velha.

De acordo com o pesquisador Davi Friale, a previsão é de chuvas nesta terça-feira, 24, e quarta-feira, 25, em Rio Branco. No dia de Réveillon, 31 de dezembro, a previsão é de muita chuva na capital acreana.