Pular para o conteúdo

Acisa divulga nota demonstrando sua preocupação com a onda de violência no Estado

A onda de criminalidade cresce no Estado com fatos cada vez mais estarrecedores. Atento a esse cenário, a Associação Comercial do Acre (Acisa) emitiu nota pública nesta segunda-feira, 20, demonstrando a sua preocupação. No texto, a entidade ressalta que busca amparar os comerciantes que estão “vulneráveis e totalmente amedrontados” com os fatos atuais.

Também é narrado que os crimes contra comerciantes já se tornaram “rotineiros”, o temor da classe é constante no Estado. Além disso, em recente pesquisa em relação ao comércio, a Acisa aponta que pelo menos 40% das empresas que lhe são associadas já foram alvo de criminosos.

Confira a seguir, na íntegra,  a nota da entidade:

Nota Acisa

O medo da violência é uma realidade no Acre. Diante de um cenário preocupante relacionado a Segurança Pública do estado, a Associação Comercial do Acre – Acisa, se manifesta, temendo pela vida da população em geral e dos comerciantes, que estão vulneráveis e totalmente amedrontados com a onda de criminalidade. A entidade vem lutando para buscar o apoio necessário e dar suporte aos associados, que rotineiramente, relatam o medo de abrir as portas de seus comércios, com dúvidas se vão conseguir retornar com vida para casa.

Um levantamento feito nos primeiros 18 dias do mês de janeiro, mostra que 30 pessoas foram assassinadas no estado. Em relação ao comércio, a Acisa revela que pelo menos 40% das empresas associadas a entidade já sofreu algum prejuízo oriundo da violência. São números alarmantes. A diretoria da Acisa entende que existe a necessidade de fortalecimento do aparelho da segurança pública nesse momento, com recursos materiais e humanos para neutralizar a expansão da criminalidade e da violência no estado.