Pular para o conteúdo

Gazetinhas – 21/01/2020

*E agora, quem poderá nos ajudar?

*O Chapolin Colorado? Ou o Batman?

*Insustentável a situação da Segurança Pública no Acre. São 30 mortes em 18 dias. Avalanche de mortes. Triste, lamentável…

*A maioria são jovens que enveredaram pelo crime.

*Enquanto isso, a população, o pagador de impostos, aguarda uma resposta da Segurança Pública, que parece tão desnorteada quanto às famílias acreanas.

*Ontem, divulgaram uma nota quase 48 horas após a chacina da Transacreana. No documento uma série de ações. Pediram apoio até da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN).

*Sem se importar com nada disso, uma fuga em massa foi registrada na madrugada de segunda-feira, 20, no Francisco D’Oliveira Conde.

* Mais de 25 detentos fugiram.

*Ele alertou…

*O agente penitenciário Janes Peteca, ativista da Segurança Pública e estudioso no assunto alertou que a retirada dos policiais militares enfraqueceria o Sistema. Pagaram pra ver, deu no que deu.

*Leitor liga pra redação indignado. Disse que elegeu o governador Gladson Cameli para estar na linha de frente e não Ribamar Trindade.

*A informação que se tem é que Cameli encontra-se fora do Acre fazendo uma bateria de exames.

*Na UPA da Sobral ninguém quer ir. (Risos)

*Enquanto Gladson cuida da Saúde longe do Acre, Rocha, Ulysses e Paulo Cezar Santos estão no exterior aprendendo a lidar com Segurança Pública.

*Esse era um detalhe que vinha sendo mantido em off, mas o cunhado de Gladson, deputado Nicolau Júnior (Progressistas) revelou.

*Enfim, com tantos desencontros, o acreano segue preocupado, assim como aquela novela global “A Próxima Vítima”.

*Passando na redação nosso amigo Dim. Segundo ele, nossos deputados federais e senadores estão mais calados que caçador em ‘espera’. Não se ouve um mexido, uma ‘tribuzana’.

* “Outubro de 2022 tem eleição”, comenta ele.

* Com o gaúcho não tem meio termo. É preto no branco. De acordo com o deputado Roberto Duarte (MDB), é hora do governador Gladson Cameli solicitar intervenção federal.

*Secretário de Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, disparou contra o gaúcho: “proposta equivocada”.

*Hum. Tá certo coroné!

*A culpa agora é do Bolsonaro! Antes era do Temer, da Dilma…

*E assim vamos caminhando, dia após dia, com a sensação ruim de ser a vítima em potencial.

*Sem mais por hoje, amigos!

 

INTERINO: JOSÉ PINHEIRO