Trabalhadores dos Correios no Acre voltam ao trabalho, após decisão do TST

Os trabalhadores dos Correios no Acre já retornaram ao trabalho na manhã desta terça-feira, 22 de setembro. Após mais de 30 dias de paralisação, eles decidiram suspender o movimento grevista após a decisão Tribunal Superior do Trabalho (TST) da última segunda-feira, 21, que resultou em acordo para um reajuste de 2,6% para a categoria.

A greve tinha como base o descumprimento por parte da estatal do Acordo Coletivo firmado em 2019 e que tinha vigência até 2021. Apesar do reajuste obtido a nível nacional, o sindicato da categoria no Acre frisa que, das 79 cláusulas deste acordo coletivo, apenas 29 foram mantidas (50 se perderam). E apenas 3 destas 29 se refere a clausulas de natureza econômica.

A pena para descumprimento da decisão do TST é de multa diária de R$ 100 mil às entidades representativas. Dos dias parados, metade do período será descontado em folha e a outra metade será compensada em operações dos Correios para normalizar a entrega de cartas e encomendas. (DA REDAÇÃO A GAZETA)

Assuntos desta notícia