Governo e prefeitura seguem com Operação Força Máxima na Transacreana

Mesmo com a proximidade da estação chuvosa, o governo do Acre não dá trégua e impõe um ritmo acelerado aos trabalhos, com o objetivo de cumprir as metas da Operação Força Máxima na região da Transacreana.

Governo e Prefeitura de Rio Branco estão cumprindo o que prometeram à população, e a cada dia mais agricultores saem da condição de isolamento geográfico. Nas duas últimas semanas, 42 quilômetros foram recuperados.

De acordo com o encarregado do trecho, Raimundo Nonato da Silva, “somente na primeira etapa da Operação Força Máxima já foram recuperados 139 quilômetros, sendo cumprido assim o cronograma de obras estabelecido pelo acordo entre a prefeitura e o governo estadual”

Mais de 40 km de ramais foram recuperados na região, beneficiando os moradores e gerando emprego e renda (Foto: Eudes Góes / Assessoria Deracre)

A atividade envolve o emprego de equipamentos da prefeitura e do Estado, mais os que foram alugados para compor as patrulhas de trabalho da operação.

O responsável disse ainda que os principais ramais receberam benfeitorias para resistir à época do inverno, e que alguns desses ramais estavam há mais de cinco anos sem nenhuma benfeitoria do poder público, o que causava grandes dificuldades para os moradores, inclusive com alguns deles abandonando suas propriedades.

Nas últimas semanas, as equipes em ação deram como concluídos os seguintes ramais: Beija Flor, Liberdade, Cachoeira e Terra Nova.

Segundo Raimundo Nonato, “desde que a Operação Força Máxima foi iniciada, já foram melhorados os ramais Riozinho, Circular, Caipora, São Pedro, Água vermelha, Castanheira, Ramal do T, Circularzinho, Do Gordo, Caibo, Remancim, Tonhão, Chicão, Escola Floresta, Abelardo, Três Palhetas, Mariano, João Paulino, Jerinau  e Paralelo, perfazendo um total de 139 quilômetros. (Eudes Góes / Secom Acre)

Assuntos desta notícia