Morre o vice-prefeito de Porto Acre a caminho de hospital na Capital

O vice-prefeito do município de Porto Acre, Augusto Aquino, morreu aos 60 anos, na noite do último domingo, 8 de novembro. Ele passou mal ontem e teve de ser socorrido pelo Samu. Mas não resistiu, falecendo enquanto era trazido para o Pronto Socorro de Rio Branco.

O deputado federal Leo de Brito, em nota de pesar, prestou suas condolências à família de Aquino, e o descreveu, em vida, como “um homem honrado, deixa um legado de trabalho e dedicação ao povo de Porto Acre”. Augusto foi eleito como vice-prefeito em 2016, na chapa de Bené Damasceno (Progressistas).

Além da política, Augusto Aquino tinha carreira nos gramados acreanos. Foi goleiro do Andirá e do extinto Floresta.

A causa da morte não foi revelada pela família, mas Augusto vinha tratando da sua saúde há alguns anos. Tanto que nem saiu para a reeleição neste pleito municipal.

Assuntos desta notícia