Motoristas fazem paralisação dos ônibus de Rio Branco

Desde as primeiras horas desta segunda-feira (14) os motoristas de ônibus fazem uma paralisação total do transporte público de Rio Branco. Nenhum ônibus circula na capital.

Os trabalhadores protestam contra atrasos salariais. Há três meses eles estão sem receber remuneração mensal.

A manifestação dos motoristas serve também para pressionar os vereadores a votarem o projeto de lei do Executivo que pede autorização à Câmara Municipal para que a prefeitura repasse às empresas de ônibus R$ 2,4 milhões para o pagamento dos trabalhadores. Um socorro às concessionárias.

A maioria dos vereadores, porém, é contra o repasse e resiste ao pedido da prefeita Socorro Neri.

Semana passada o sindicato das empresas liderou um movimento com o objetivo de pressionar o Legislativo, e o vereador João Marcos Luz (MDB) protestou contra o ato.

“Quero aqui deixar o meu repúdio à atitude vergonhosa do sindicato, pois é uma atitude oportunista. Este sindicato que está aí não representa a categoria, não representa os trabalhadores de forma alguma. É mais fácil representar os interesses dos empresários neste instante. Este movimento que prejudica diretamente o usuário, o direito de ir e vir do usuário, é claramente um forçamento de barra à opinião pública e aos vereadores. É querer nos colocar contra a parede. Parece até que nós temos culpa. Parece até que nós somos responsáveis pela má gestão das empresas e até pelos benefícios que não chegaram aos trabalhadores. Sinceramente, não vejo, e estou falando em nome de muitos trabalhadores que ao longo do tempo têm me procurado, o sindicato agindo em favor dos trabalhadores. Está fazendo um movimento agora em favor dos empresários. Não posso aceitar este tipo de movimento. Estou dizendo porque eu conheço o sistema”, declarou. (Noticias da Hora)

Assuntos desta notícia