Bestene nega trocar Aleac por secretarias na Prefeitura ou no Governo

Estando no partido que ocupa o Governo Estadual e a Prefeitura de Rio Branco a partir de janeiro, o deputado José Bestene (Progressista) chegou a ser mencionado no noticiário político como provável integrante da equipe do governo Bocalom ou de Gladson Cameli a partir do próximo ano. Mas, ele nega qualquer convite ou articulações neste sentido e garante que está plenamente realizado com sua presença no parlamento.

 “Me sinto até elogiado quando colunistas de política mencionam meu nome como provável escolhido para as equipes do governo do Gladson ou do Bocalom, dois grandes líderes de nosso partido. Mas, de jeito nenhum vou abandonar meu mandato na Aleac, onde estarei defendendo e ajudando os dois da forma como for possível sempre seguindo compromissos que assumimos com o nosso eleitorado”, declarou ele.

José Bestene passou doze anos, o equivalente a três mandatos, fora da vida pública até ser mais uma vez eleito deputado estadual no pleito de 2018. Em sua trajetória política, o deputado foi presidente da mesa diretora da Aleac, foi secretário estadual de Saúde e presidente do Deas, hoje batizado de Depasa.

De acordo com ele, é revigorante a volta ao exercício do mandato de deputado e pode contribuir para com o governo estadual e, também do municipal, dando idéias e votando as matérias fundamentais para que o Executivo possa conduzir sua administração. “Evidentemente que nós apoiamos e torcemos para que este Governo alcance o seu objetivo que é o de retomar o desenvolvimento e estamos aqui para ajudar a transformar realmente a nossa economia”, argumenta. (Noticias da Hora)

Assuntos desta notícia