Pular para o conteúdo
Beth News
Beth Passos faz análises de reportagens, entrevistas, programas de TV e comportamento. Irônica e bem-humorada, comenta sobre o dia a dia dos acreanos que merecem seu destaque, bem como as personalidades nacionais e internacionais que causam mundo afora. Como ela diz: 'Não deixem de ler, nem sob tortura!!!'.

Coluna Beth News – 06/02/2021

A Rádio Gazeta 93,3 FM tem novidade em sua programação. A partir da próxima segunda-feira, 8, os ouvintes vão poder começar o dia bem informados com o Jornal Gazeta 93. O noticiário será transmitido ao vivo de segunda a sexta-feira, das 7h às 8h, apresentado pelos jornalistas Tiago Martinello e Brenna Amâncio.

O jornal promete muitas informações do Acre, do Brasil e do Mundo. A coluna Beth Passos OnLine, será atração às segundas-feiras, apresentada por mim como participação especial. Na foto com eles de quando podíamos aglomerar. Se liga na missão!!!

Os cachos e a beleza de Ronaira Feitosa registro próprio de seus 21 anos completados dia 3. Bênçãos e vitórias!

Minha prima Mirian Ferreira foi aniversariante do dia 6 de fevereiro. Desejo um novo ciclo cheio de bênçãos, minha querida!

Sônia Braga entrou para a lista de 25 melhores atores do século 21 do The New York Times, publicado dia 25 de janeiro. A brasileira ocupa a 24ª posição. No Brasil é a eterna Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado, mas em Holywood, onde mora, há mais 30 anos, já fez parte do elenco de todo tipo de produção com astros e estrelas consagrados.

O trabalho da atriz nos filmes ‘Bacurau’ (2019) e ‘Aquarius’ (2016) foi destacado pelos críticos Manohla Dargis e A. O. Scott, responsáveis pela publicação. Segundo eles, Sonia Braga demonstrou ‘autoconfiança absoluta’ no primeiro, e ‘profundidade e graça’ no segundo.

Fundada há quase 20 anos a Associação Amigos do Peito (AAPEI), localizada na Estrada da Floresta, 775- Bairro João Eduardo I, através de seus sócios e simpatizantes revelam que uma das fontes de renda para provimento e manutenção da casa de passagem da instituição, era provida pelo governo do Estado, através de um convênio com o CADES, e que há mais de dois anos foi encerrado. Mesmo diante da pandemia e com muitas dificuldades, estão conseguimos manter as portas abertas, graças a algumas economias adquiridas com eventos e as ajudas recebidas de amigos e parceiros.

A presidente da Associação Sueli Maria Barbosa disse a coluna que a partir deste mês, fevereiro de 2021 não terão como pagar às principais contas (luz, água, telefone). Por isso, solicitam ajuda com doações financeiras. E estarão com equipe à disposição de todos para mostrar as dependências, bem como seu funcionamento diário. Mais informações através dos telefones: (68) 99994-3409 e 99994-3409.

O vinho combate ao coronavírus porque os taninos têm antioxidantes e eliminadores de radicais livres, que têm efeitos antiinflamatórios. O plano inicial da pesquisa era identificar compostos naturais que possam ter um efeito sobre a SARS, e o tanino se mostrou com uma capacidade inibitória forte sobre o vírus.

A família é como um barco no mar tempestuoso deste mundo. Quando todos remam juntos, com amor e cooperação, ela sempre chega ao cais da felicidade. Gabriel Luiz e os pais Fátima e Luiz Carlos Matoso e o irmão Felipe em seu aniversário dia 2 de fevereiro.

Ser homossexual era considerado doença. Foi só em 17 de maio de 1990, há 30 anos, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID).

Um passo importante, mas que ainda não representou a cidadania plena para essa minoria. De acordo com dados publicados no ano passado pela organização Associação Internacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Trans e Intersexuais (ILGA), em 70 países a homossexualidade ainda é criminalizada, com casos de prisão e até de pena de morte. E a transexualidade só deixou de ser classificada como doença pela OMS em junho de 2018.

Decisão não acabou com preconceito e discriminação, mas foi passo importante para a compreensão da homossexualidade como identidade sexual, que não necessita de cura. Preconceito e ignorância: é com essas palavras que o pedagogo e ativista Toni Reis, de 55 anos, define sua juventude, na pequena cidade de Coronel Vivida, interior do Paraná. ”Minha adolescência foi muito confusa e dolorida por causa da minha sexualidade”, relata à DW Brasil. ”Com 14 anos, quando contei para a minha mãe, ela achou que era doença e me levou ao médico.”


News 

*Acre se mantém na faixa vermelha, com quase 100% de todas as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Estado ocupadas e correndo o risco de entrar em um colapso no Sistema Único de Saúde (SUS). Bastante lastimável!

*A maior cobertura vacinal em terras indígenas será realizada em Feijó, com 2.428 indígenas, mas a falta de transparência das Prefeituras, responsáveis diretamente pela vacinação junto com os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Pelo andar da carruagem o Acre permanecerá por muito tempo distante da erradicação através da vacinação.

*Com o volume de chuvas em Rio Branco, o Rio Acre subiu o suficiente para assustar a população ribeirinha e as autoridades. A prefeitura montou plano de contingência e em caso de aumento no nível do manancial nas próximas horas deve iniciar a construção de abrigos no Parque de Exposições. A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) publicou no Diário Oficial da União uma autorização para o Município de Rio Branco realizar a construção de abrigos provisórios no Parque de Exposições da Expoacre, uma vez que o imóvel pertence à União.

*EUA restringirá importações de madeira, soja e carne do Brasil até saírem os resultados das eleições de 2022. Se a China fizer o mesmo vai complicar seriamente para o Brasil.

*Enfrentamos uma pandemia mundial, desemprego crescente, morte de entes queridos e um reality que deveria mostrar cultura e descontração, evidencia o que há de pior no ser humano. Decepção histórica!

*Os abusos e a violência que Lucas e Juliete vem tolerando podem passar a ideia distorcida de normalidade e incentivar exemplos de segregação. Não sou psicóloga, mas ao vivo, milhões de pessoas estão assistindo as manifestações de terrorismo psicológico e perseguição. Ainda mais que toda casa é cúmplice e não intervém nas maldades da cantora Karol Conká. Até meus ex-preferidos Caio e Rodolfo passaram apoiar tamanha maldade.

*Quem está emocionalmente bem, não aguentaria ser humilhado e constrangido por horas consecutivas sem ter para onde ir, longe da família e dos amigos para poderem defendê-los. O sofrimento deles é pay-per-view, não dura somente um programa. É insuportável e inadmissível, mesmo por R$ 1,5 milhão, que é o valor do prêmio.

*Hábitos de higiene pessoal, de leitura e de educação devem ser desenvolvidos o mais cedo possível na vida dos jovens. Que é para a pessoa não ter cárie nem sarna, ser capaz de ler Machado de Assis ainda na adolescência e saber que ninguém é obrigada a aturar insultos e grosseria de ninguém. Entendedores entenderão!

*Na briga de ego entre políticos e a justiça, o agradecimento vai para quem realmente merece: ao SUS. Muito obrigado a funcionários públicos que estão dando o suor pela ciência. Muito obrigado a trabalhadores e trabalhadoras que constroem diariamente a saúde pública. Viva o SUS!

*Vencer o câncer vai além de poder contar com um tratamento de ponta, profissionais de excelência, medicamentos e procedimentos. Essa luta precisa também ser regada com amor, carinho e pessoas especiais e o Hospital do Amor é consciente do fato. Dia 4 de fevereiro, “Dia Mundial do Câncer”, os colaboradores preparam uma boa surpresa aos pacientes e seus acompanhantes com a ação Espalhe Amor organizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização do hospital – reuniu frases escritas por vários profissionais da instituição, na tentativa de levar apoio e muito amor a eles.

Tire alguns minutinhos do seu dia e confira o vídeo neste link cheio de emoções!

Acesse: bit.ly/espalheamor2021.


Beth Passos
E-mail: 
[email protected] 

Instagram: @beth_news_
Facebook: Beth News