Polícia Civil prende homem conhecido como ‘Anjo da Morte’ em Rio Branco

A polícia prendeu na tarde de ontem, 21, Fábio Feitosa Souza, de 32 anos. Ele é mais conhecido no mundo do crime como um pistoleiro da facção do PCC. Seria chamado até de “O Anjo da Morte”, podendo ganhar o status de serial killer, já que é acusado por 24 homicídios. Desses, oito pessoas ele teria assassinado em um intervalo de 6 meses.

Fábio Feitosa responde por nove homicídios e estava foragido (Foto: Arquivo)

Fábio Feitosa foi preso por agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa em uma residência localizada na rua Espirito Santo, no Loteamento Novo Horizonte, na Capital. A operação envolveu um trabalho do núcleo de inteligência, que já vinha monitorando o homicida há aproximadamente um mês.

Feitosa já é condenado pela justiça a mais de 100 anos de prisão pelos crimes de homicídios, latrocínios, roubos, formação de quadrilha e organização criminosa. Apesar da condenação centenária, ele cumpria pena em regime domiciliar, alegando à justiça que estava acometido de um câncer no ouvido. No tratamento, Fábio cortou a tornozeleira e se encontrava foragido. (Da Redação A GAZETA com informações Ascom PC/AC)

Assuntos desta notícia