Ação integrada das Forças de Segurança do Acre deflagra 1ª fase da “Operação Reditus”, prende nove e apreende droga em Cruzeiro do Sul

Nas primeiras horas desta sexta-feira, 7, Forças de Segurança compostas pelas as polícias Civil, Militar, Instituto de Administração Penitenciária (Iapen-AC) e Federal, prenderam sete membros de organização criminosa em Cruzeiro do Sul durante a primeira fase da “Operação Reditus”.

Polícia apreendeu dinheiro e droga (Foto: Ascom PC/AC)

O trabalho investigativo da Polícia Civil possibilitou a representação por pedido de prisão preventiva dos investigados o que resultou na prisão e retirada de entorpecente que teria como destino o abastecimento das bocas de fumo da região.

Os presos fazem parte de uma organização criminosa que agia na região e de acordo com levantamento realizado pela Policia Civil, todos eles já possuem passagem pela polícia. Em um dos alvos foi possível apreender R$ 5.595,00 (cinco mil quinhentos e noventa e cinco reais) e uma quantidade de entorpecente caracterizando auto de prisão em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

O trabalho integrado foi realizado pelas Polícias Civil, Militar, Federal e Instituto de Administração Penitenciaria (Iapen) o que envolveu cerca de 60 (sessenta) agentes de segurança pública.

O nome da operação “Reditus” vem do Latim e significa regresso tendo em vista que todos os investigados dessa operação já possuem passagem pelo presídio e respondem por procedimento.

Ao término da ação, 09 (nove) pessoas foram conduzidas à delegacia por cometimento de crimes como: Associação criminosa, organização criminosa, trafica de drogas, associação para o tráfico. Foram presos J. E. T. A de 32 anos, M. M. M. de 39; C. N. A de 30 anos; J. J. O. A. de 34 anos; D. P. P. de 29 anos; C. S. M. de 30 anos; F. A. S. de 33 anos; F. P. O. de 21 anos e A. C. O. de 26; todos com passagem pela polícia.

De acordo com o delegado que coordenou a ação policial, Heverton Carvalho, o trabalho investigativo e o trabalho integrado das forças de segurança possibilitou o êxito da ação policial.

“O trabalho investigativo foi de fundamental importância para que hoje pudéssemos prender nove pessoas com envolvimento direto em organização criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico. Cumprimos os mandados de prisão preventiva e logrando êxito na apreensão de droga, anotações do tráfico. Todo material que foi apreendido como as drogas, armas, celulares e anotações relacionadas ao tráfico de drogas será analisado pela perícia criminal e o processo investigativo vai continuará no sentido de identificar mais pessoas envolvidas em crimes correlatos”, disse delegado Heverton Carvalho. (Ascom Polícia Civil do Acre)

Assuntos desta notícia