Pular para o conteúdo
Eleições 2022

PT confirma candidatura majoritária de Jorge Viana em 2022

Pelo menos dois dos aliados do partido também já sinalizaram candidaturas majoritárias: PSOL, com Sanderson Moura ao Senado, e o PSB, com Jenilson Leite ao governo

O Partido dos Trabalhadores (PT) no Acre não abrirá mão de uma candidatura majoritária, nas próximas eleições, segundo declarou o presidente regional da sigla, Cesário Braga. O fôlego do partido para a empreitada vem da aposta no legado político de Jorge Viana, que ainda não se sabe se disputará nas urnas, em 2022, sua volta ao Senado ou ao Governo do Estado.

“Ainda não batemos o martelo, mas o PT terá uma candidatura majoritária do Jorge Viana, mas com posição indefinida sobre se será uma candidato a senador ou a governador”, disse Braga.

Reunião virtual do partido ocorreu, na noite de ontem, com a participação de dirigentes locais, deputados e o ex-ministro Gilberto Carvalho

Na reunião ordinária do Diretório Regional do Partido, realizada na noite desta segunda-feira (26) de forma virtual, Jorge Viana fez um relato de suas movimentações políticas recentes tais como: viagem ao Alto Acre, visitas ao Centro e andanças por mercados e conversas com amigos, aliados e possíveis futuros aliados.

Indagado sobre se essa movimentação e a própria decisão já tomada não atrapalharia o diálogo sobre alianças com os outros partidos, como já ocorreu em eleições passadas – a exemplo da municipal de 2020 – o dirigente partidário admitiu que pelo menos dois dos aliados também já apresentaram nomes a candidaturas majoritárias, mas que as conversas tem avançado para o entendimento.

“As conversas com os partidos ainda estão no âmbito dos aliados de sempre: PCdoB, PSB, PSOL e PV. Há posições de candidaturas majoritárias nesses partidos. O PSOL, com Sanderson Moura ao Senado, e o PSB, com Jenilson Leite ao governo, mas todos esperando uma posição mais clara do PT”, destacou Cesário Braga.