Pular para o conteúdo
Fogo cruzado

Em nota, direção do PSDB sai em defesa de Minoru Kinpara e rechaça Mara Rocha

PSDB, partido ao qual os Rocha são filiados, declara também que Minoru será o candidato da sigla a deputado federal nas próximas eleições

A Executiva Regional do PSDB no Acre divulgou uma nota nesta segunda-feira (23) para defender o professor Minoru Kinpara das declarações ofensivas contra ele publicadas pela deputada federal Mara Rocha em suas redes sociais e dispara já no título: “Alguém confia em Mara falando de gratidão?”

A confusão no ninho tucano deu-se após Minoru e sua esposa Degmar Ferreti declararem apoio ao governador Gladson Cameli e, em seguida, esta ser nomeada para o cargo de diretora-presidente do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC) com portaria publicada na edição desta segunda-feira, no Diário Oficial do Estado (DOE).

Mara Rocha classificou Minoru de “oportunista, traidor e ingrato”, entre outros adjetivos. Derrotado nas últimas eleições municipais para prefeito, o professor e ex-reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac) ao declarar apoio a Gladson Cameli rompeu frontalmente com os irmãos Mara e o vice-governador Major Rocha, que protagoniza uma verdadeira guerra contra o Palácio Rio Branco.

Na nota, o PSDB, partido ao qual os Rocha são filiados, declara também que Minoru será o candidato da sigla a deputado federal nas próximas eleições e sobre a atual deputada diz: ” Não tem moral a deputada para escrever uma vírgula sobre gratidão. Que ela siga seu caminho fadado ao fracasso! O PSDB caminha harmonicamente com o professor Minoru.”

Confira a íntegra:

“Alguém confia em Mara falando de gratidão?”

Em mais uma de suas tentativas frustradas de ser vista e lembrada, a senhora deputada Mara Rocha tenta agora atingir a dignidade do professor Minoru Kinpara, conduta essa nada atípica para o seu modus operandi vil e rasteiro.
Fantasiosa, arrogante, medíocre e com uma criatividade acima da média para o mal, a deputada constrói sua carreira política à base da desconstrução de terceiros, trabalha o seu mandato no desserviço ao povo e sustenta seu “coletivismo” pensando primeiro nos seus.
Diferente da parlamentar, o professor Minoru Kinpara é um político com visão de futuro, com capacidade de construção de pontes e de estabelecer diálogos saudáveis, no campo da democracia, e em prol do interesse público. Nada mais compatível do que o seu alinhamento ao governador Gladson Cameli, que, apesar de não o ter apoiado nas eleições de 2020, nunca trabalhou contra sua candidatura, muito diferente do que alega a deputada em mais uma de suas mentiras e invenções.
Mara sim trabalhou contra o professor Minoru em 2020. Tivemos dificuldades hercúleas de formar alianças em razão do comportamento complexado e egoísta da deputada. Não é à toa que ainda hoje ela enfrenta dificuldades para associar a sua imagem à de quem quer que seja, e se vê cada vez mais solitária no seu mundo de fantasias e alucinações.
O presidente do PSDB/AC, Manoel Pedro, jamais se escondeu em eleição nenhuma, tendo sempre se dedicado às construções do partido e à defesa de nossos ideais. A régua da deputada, no entanto, é muito diferente. Abandonou os correligionários e os candidatos no interior do estado, dedicando-se exclusivamente aos interesses seus e do seu próprio sangue, resumindo seu pífio mandato em gerar intrigas e causar contendas.
O PSDB apoiou e elegeu Mara Rocha para hoje ela nos agradecer com o que encontrou de pior nas suas pouquíssimas qualidades. Não tem moral a deputada para escrever uma vírgula sobre gratidão. Que ela siga seu caminho fadado ao fracasso! O PSDB caminha harmonicamente com o professor Minoru, que disputará em 2022 uma cadeira na Câmara Federal e trará para o Acre o orgulho de ter um parlamentar que, ao contrário dela, tenha seriedade, compromisso e respeito com a máquina pública.

– Executiva Regional do PSDB/AC