Pular para o conteúdo
Caso GABBY PETITO

Corpo de YouTuber é encontrado, mas polícia ainda busca respostas

Gabby Petito e Brian Laundrie

Um corpo que corresponde à descrição da jovem americana Gabby Petito, que estava desaparecida, foi encontrado por equipes que realizavam buscas em um parque nacional no Estado americano de Wyoming.

“Como todos os pais podem imaginar, este é um momento extremamente difícil para sua família”, disse o agente do FBI Charles Jones à imprensa, contendo as lágrimas.

“A causa da morte não foi determinada”, acrescentou.

Petito, de 22 anos, estava visitando o Parque Nacional Grand Teton com seu noivo, Brian Laundrie, quando desapareceu.

Laundrie foi declarado uma “pessoa interessada” (termo informalmente usado nos EUA para designar um suspeito ou uma pessoa que possa ter relação com algum caso em investigação) no caso, mas não foi acusado de nenhum crime. Ele se recusou a falar com a polícia e desapareceu alguns dias depois.

O FBI, a polícia federal americana, disse que, embora os exames forenses ainda não “confirmassem 100%” que os restos mortais eram de Petito, eles eram consistentes com sua descrição.

O pai de Petito, Joseph, postou uma foto de sua filha no Twitter logo após a entrevista a jornalistas.

https://twitter.com/josephpetito/status/1439716307268739072

Laundrie e Petito partiram em uma viagem de trailer pelo país em julho, documentando suas aventuras nas redes sociais.

Um vídeo publicado por eles no YouTube, em que aparecem sorrindo, se beijando e correndo na praia, já foi visto mais de 2,3 milhões de vezes.

Mas em 1º de setembro, após um mês de viagem, Laundrie voltou para casa, na Flórida, com sua van branca e sem Petito. Sua família relatou seu desaparecimento 10 dias depois.

Na sexta-feira (17/9), a polícia disse que a família de Laundrie disse que não via seu filho desde a terça-feira e que os investigadores estavam “frustrados” com os acontecimentos.

Uma equipe de busca passou o fim de semana vasculhando uma reserva de vida selvagem de 25 mil acres na Flórida em busca de sinais de Laundrie, com cães farejadores e drones, mas até a noite de domingo nada foi encontrado.

A família de Laundrie divulgou um comunicado por meio de seu advogado, dizendo: “A notícia sobre Gabby Petito é de partir o coração. A família Laundrie está rezando por Gabby e sua família.”

Milhares de comentários foram deixados nas páginas do casal no Instagram, e manifestantes se reuniram em frente à casa da família Laundrie na sexta-feira gritando “onde está Gabby?”

Na entrevista coletiva na noite de domingo (19/9), Jones disse que as informações que a polícia recebeu do público foram “notáveis” e renovou o apelo para que qualquer pessoa com informações se apresentasse.

Duas semanas antes do desaparecimento de Petito, em 12 de agosto, a polícia da cidade de Moab, no sul do Estado americano do Utah, foi chamada para um possível incidente de violência doméstica envolvendo o casal.

A polícia divulgou uma câmera corporal que mostrava Petito chorando e reclamando de sua saúde mental para os policiais. Ela também disse que o casal vinha discutindo com mais frequência.

Os policiais recomendaram que eles passassem a noite separados, mas não abriram nenhum inquérito. Ainda não se sabe o que aconteceu depois disso.