Pular para o conteúdo
"VOU AMÁ-LO PARA SEMPRE!"

Virgínia Fonseca chora a morte do pai e lamenta ataques na web: ‘Eu tô sem chão’

Virgínia Fonseca lamentou a morte do pai, Mário Ferrão, de 72 anos, em suas redes sociais neste domingo (19). “Está doendo muito. Eu nunca tinha perdido alguém tão próximo, e eu estou sem chão”, escreveu a influenciadora digital, que sofreu ataques na publicação por ter promovido uma festa nos últimos dias.

O patriarca passou dois meses internado, de julho a agosto, com um grave quadro de pneumonia, e voltou a ser internado na última semana. “É com muito pesar e dor que venho comunicar a vocês o falecimento do meu pai”, escreveu ela.

“Vou amá-lo para sempre e sei que ele estará presente em meu coração para sempre! Que ele descanse em paz e que Deus o tenha”, concluiu a esposa de Zé Felipe que, além da publicação nos stories, alterou sua foto do perfil para uma imagem preta, de luto.

O assunto se tornou um dos mais comentados do Twitter. Fãs deixaram mensagem de apoio a ela, mas haters também a criticaram bastante por causa do coquetel que reuniu famosos na última semana.

Virgínia fez uma festa de lançamento, We Pink, do primeiro produto da sua linha de cosméticos. Sendo assim, com o pai em estágio terminal, a patrulha da web achou que ela não deveria comemorar.

“Hoje eu só queria ser a pessoa mais anônima do mundo. Estou tendo que ler algumas mensagens que me doem. Muito obrigada pelo carinho, mas nesse momento a dor prevalece e machuca. Para quem está debochando e brincando com a situação, que Deus trabalhe na sua vida, que te tire esse sentimento de ódio porque deve ser horrível sentir isso”, publicou a mãe de Maria Alice.

Leia mais: ++ Miguel Falabella se emociona em adeus a Luis Gustavo: ‘Não estava preparado’