Pular para o conteúdo
contra covid-19

Idosos do Lar Vicentino e Casa de Acolhida Souza Araújo receberão terceira dose a partir desta quinta

O requisito para tomar a terceira dose é que o idoso com idade a partir de 70 anos tenha tomado a segunda dose ou dose única há mais de seis meses e, no caso de pessoas com baixa imunidade, o prazo para terceira dose é a partir de 28 dias da segunda dose ou dose única

Após muita expectativa para a aplicação da terceira dose da vacina contra covid-19 em idosos e pessoas com imunidade baixa (imunossuprimidos), a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco irá iniciar a aplicação da dose de reforço nesta quinta-feira, 9, no Lar Vicentino e, em seguida, na Casa de Acolhida Souza Araújo.

Nos dois locais, o público estimado é superior a 70 pessoas. Na terça-feira, 7 de setembro, a Secretaria de Estado de Saúde já havia iniciado a imunização com reforço para o público acima de 70 anos e imunossuprimidos. Foram mais de mil pessas vacinadas no geral em mutirão na Biblioteca Pública, e destes, 30 foram idosos que receberam a terceira dose, além de uma pessoa imunosuprimida.



O público que deve tomar a terceira dose no Acre é de 30.120 idosos com idade a partir de 70 anos, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). Já o número de pessoas com imunossupressão é incerto, pois estes estão incluídos no grupo geral de comorbidades, que é de 48.793 no Estado.

O requisito para tomar a terceira dose é que o idoso com idade a partir de 70 anos tenha tomado a segunda dose ou dose única há mais de seis meses e, no caso de pessoas com baixa imunidade, o prazo para terceira dose é a partir de 28 dias da segunda dose ou dose única.

Segundo orientação do Ministério da Saúde, a dose de reforço será feita preferencialmente com uma dose da Pfizer, ou de maneira alternativa, com a vacina de vetor viral da Janssen ou da AstraZeneca.

Leia também: Sesacre inicia aplicação de terceira dose para idosos com mais de 70 anos

error: Conteúdo protegido!!!