Pular para o conteúdo
um mês de vida

Bebê fica em estado grave após ser espancado e arremessado ao chão pelo próprio pai

O acusado, que é monitorado por tornozeleira eletrônica, foi preso em flagrante

Um bebê de apenas um mês de vida foi resgatado pela Polícia Militar (PMAC) na madrugada de domingo, 24, após ser agredida com socos e chutes, além de ser enforcada e arremessada ao chão pelo próprio pai, em Sena Madureira. A criança, do sexo feminino, chegou a perder os sinais vitais e foi encaminhada ao Hospital do município, mas devido à gravidade dos ferimentos foi transferida para o Pronto Socorro de Rio Branco.

Com fraturas de costela e também no crânio, o estado de saúde da criança é grave, mas apesar disso, ela se encontra bem e respirando normalmente, sem auxílio de aparelhos, de acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde. De acordo com a PM, após uma briga com a esposa, a criança estava sendo mantida refém na casa da família.

O criminoso, monitorado por tornozeleira eletrônica, foi preso em flagrante pelos crimes de violência doméstica, tentativa de homicídio e cárcere privado.

(Foto: Ascom/PMAC)

O caso

Conforme informações da PM, a Polícia tomou conhecimento da situação quando a esposa do criminoso relatou que ele havia chegado em casa sob efeito de entorpecentes e teria começado a agredi-la sem nenhum motivo. Em seguida, teria espancado a filha do casal e impedido-a de pegar a bebê, logo, a mulher fugiu da residência e pediu ajuda no hospital da cidade.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o monitorado, ao ver a aproximação da polícia, tomou a criança como refém, a ameaçando com uma faca doméstica no pescoço. Após a guarnição pedir apoio e tentar negociar a libertação da bebê, o criminoso a arremessou no chão e atacou os policiais com a faca, momento em que foi preso com o uso de armas de choque.

O criminoso foi encaminhado à delegacia de Sena Madureira.

Continue lendo: Bebê de um mês que foi espancada pelo pai está ‘estável’, no Hospital da Criança