Pular para o conteúdo
POLÊMICA

Mulher de Roberto Justus reclama de dormir com a filha 2 noites e revolta web

A mulher de Roberto JustusAna Paula Siebert reclamou de dormir com a filha, Vicky, de um ano e meio, por duas noites, no lugar da babá da criança, que é quem assume a função habitualmente. A reclamação gerou revolta nas redes sociais. O vídeo, datado de segunda-feira, 8, viralizou e está repercutindo na web até está quinta-feira, 11.

Usando seu perfil no Instagram, a mulher de Roberto Justus gravou stories deitada na cama, super maquiada, de roupão branco e afirmou: “Gente, estou acabada, sobrou só o pó na segunda-feira depois de um fim de semana cuidando da Vicky. Eu não estou acostumada a dormir com a Vicky. Ela dorme com a babá, todo dia ela dorme com a babá”, disse Ana Paula Siebert.

“E aí, nesse final de semana, eu dormi com ela e, a cada vez que ela se mexe no berço, eu levanto da cama pra ver se está tudo bem, porque eu sou dessas! Então, assim, é aquele sono picado. Eu não tive, tipo assim, horas de sono sem levantar. Mamães me entenderão. É um desabafo de quem está cansada”, completou Ana Paula.

No Twitter, a mulher de Roberto Justus foi criticada. “Enquanto isso as mães sofridas que nem eu, se mata para trabalhar, cuidar da casa, do filho, acorda na madrugada e não ganha um real com publi kkk e ainda tem que aguentar as comparações de corpo e passeios e todo brilho inexistente da maternidade”, reclamou uma internauta.

“Porque essas pessoas têm filho?”, questionou outra.

“Para terceirizar o cuidado, mas posar como mãe na internet e lucrar com marcas que pagam por público”, respondeu uma usuária da rede social

“Um dia desses li uma frase que dizia mais ou menos assim: para o rico não é sobre criar filho, é sobre gerar herdeiros”, ponderou um internauta.

“O mercado de animais de estimação criou seres humanos terríveis. Pessoas incapazes de criar animais estão criando pessoas. Virou moda ser mãe-influencer ou influencer-mãe, expor os dramas nas redes sociais buscando engajamento e patrocinadores”, teorizou outro.